Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Portugal vence a Turquia e lidera o Grupo A

Pepe comemora o gol com Cristiano Ronaldo.

(Keystone)

Portugal cumpriu o objetivo de vencer o primeiro jogo na Euro e derrotou a Turquia por 2 a 0, em Genebra. Os gols foram dos novos jogadores da seleção: Pepe e Raul Meireles.

A vitória foi merecida e Portugal já é líder do Grupo A à frente da República Checa, que derrotou a Suíça por 1 a 0 no jogo de abertura.

Mais uma vez a estrela do técnico Luiz Felipe Scolari brilhou contra a Turquia. A vitória na partida inicial foi conseguida e de maneira convincente, por 2 a 0. Dois dos 11 "novatos" da seleção foram os marcadores: Pepe e Raul Meireles, que acabara de entrar em campo no lugar de Deco.

Pepe marcou aos 61 minutos (16 min do segundo tempo) em uma ação em que chutou apertado entre dois zagueiros turcos. Raul Meireles selou o marcador os 92 minutos, já nos acréscimo ao final da partida.

A estrela de Felipão

O resultado é merecido pois Portugal domingou a maior parte do jogo e a Turquia nunca criou oportunidades reais para marcar, embora tivesse bons momentos de toque de bola, com seu tradicional futebol técnico. A defesa portuguesa manteve-se soberana deixando pouca chance ao ataque turco.

Doze aviões charters vieram de Portugal exclusivamente para esta partida e os torcedores não sairam decepcionados.

O time de Scolari começou a todo vapor dominando a Turquia. Deco apresentou-se em grande forma, distribuindo o jogo, tentando abrir espaços para Simão e Cristiano Ronaldo, pelas pontas.

Bola na trave de Ronado

A defesa turca defendeu-se bem nos primeiros minutos e o ataque português obteve vários escanteios. Num deles, aos 16 minutos, Pepe marcou de cabeça e comemorou, aparentemente sem ouvir que o gol fora anulado por impedimento.

Depois disso, a Turquia reagiu, criou mais volume de jogo, sem no entanto criar oportunidades de gol. As poucas intervenções de Ricardo foram seguras. O jogo equilibrou-se por uns 10 minutos até que Portugal novamente voltou a dominar.

Cristiano Ronaldo, fortemente marcado, acertou uma bola no poste esquerdo do goleiro turco ao cobrar uma falta aos 37 minutos. No final do primeiro tempo, Portugal teve quatro escanteios sucessivos, dois de cada lado, mas não conseguiu marcar.

Embora sem gols, o jogo foi rápido e intenso no primeiro tempo.

Próximo jogo pode classificar

O jogo teve momentos de equílibrio, mas o técnico turco Fatih Terim, provavelmente gastou forças demais com um esquema de três jogadores para marcar Cristiano Ronaldo. Mesmo assim, ele chubou uma bola na trave no primeiro tempo e iniciou a jogada do segundo gol, passando para Moutinho até que Raul Meireles fechasse o marcador.

Portugal começou, portanto, com o pé direito, como queria Scolari. Está adquirida a confiança que a equipe desejava. O próximo encontro, quarta-feira, contra a República Checa, pode selar a passagem de Portugal para as quartas-de-final.

swissinfo, Claudinê Gonçalves

Início promissor

"A vitória de Portugal sobre a Turquia por 2 a 0 na primeira rodada do Grupo A da Eurocopa-2008, no último sábado (7 de junho), serviu como forte alento aos adeptos lusos, que se entusiasmaram com o triunfo em Genebra. Mas o otimismo exagerado não deve contaminar o ambiente. Por um lado, o domínio dos Tugas ao longo da partida foi inequívoco e contundente. A equipe treinada por Luiz Felipe Scolari mostrou-se melhor nos aspectos técnico, tático e físico ao longo dos 90 minutos, e o placar final não traduz a larga superioridade sobre o adversário". (José Carlos Marques, especialista em futebol português)

> Leia a análise completa de Zeca Marques no Blog da EurocopaLink externo

Aqui termina o infobox

Portugal 2 x 0 Turquia

Portugal: Ricardo, Bosingwa, Pepe, Ricardo Carvalho, Paulo Ferreira, Petit, João Moutinho, Deco (Raul Meireles), Cristiano Ronaldo, Nuno Gomes(Nani) e Simão

Técnico: Luiz Felipe Scolari

Turquia:Demirel, Servet Cetin, Hakan Balta, Gölkan Zan, Mehmet Aurelio, Emre,Kâzin Kâzin, Mevlüt, Tuncay, Nihat, Gökdeniz (Hamit)
Técnico: Fatih Terim

Data: 07/06/2006
Local: Estádio de Genebra (Suíça)
Árbitro: Herbert Fandel (Alemanha)
Assistentes: Carsten Kadach (Alemanha), Volker Wezel (Alemanha), Viktor Kassai (Hungria)
Gols: Pepe (aos 16 min do 2T) e Raul Meireles (nos acréscimos)
Cartões amarelos: Kâzin (T)

Aqui termina o infobox
(swissinfo.ch)

×