Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Sistema de desminagem mais seguro nos Bálcãs

Sistema de desminagem inédito e menos arriscado, de fabricação suíça, é utilizado na Bósnia e Kosovo. As minas são destruídas sem que haja contato manual com essa arma, reduzindo muito o perigo de acidentes.

A Suíça decidiu doar 8600 unidades de um novo sistema de destruição de minas terrestres a organizações ativas nesse domínio na Bósnia-Herzegovina e Kosovo. A KFOR, forças de manutenção da paz das Nações Unidas devem também beneficiar-se do sistema que tem a vantagem de evitar todo contato com a mina a ser destruída.

A operação é realizada por controle remoto depois que o dispositivo é colocado a pouca distância da arma. E tem vantagem adicional de dar maior rapidez ao processo de desminagem.

A fornecimento dessas 8 600 unidades e formação de pessoas in loco vai custar 300 mil francos suíços, cerca de 182 mil dólares. É descrita como contribuição suíça em favor da promoção da paz.

O novo sistema tem interessados exercitos estrangeiros, como Bélgica e Áustria que já o adquiriram, e a Holanda que está interessada na compra.

Atualmente, a unidade mais barata e mais utilizada custa cerca de US$ 10,50 e a mais cara mais de 120 dólares. Esta última serve para destruir bombas de 500 kg por exemplo, como nos informou especialista no setor. Mas o objetivo dos fabricantes é conseguir reduzir o preço das unidades a menos de 10 dólares, para atender principamente às necessidades de organizações humanitárias com poucos recursos financeiros.

swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.