Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Formação Que carreiras os estudantes suíços escolheram este ano?

Recentemente, cerca de 85.000 jovens na Suíça tiveram que tomar uma decisão sobre a profissão que gostariam de seguir. O último levantamento das suas escolhas revelou, como sempre, grandes diferenças entre os sexos.

teacher and students

A percepção sobre o que é um trabalho "feminino" e "masculino" é um tema constantemente debatido na Suíça

(Keystone / Alessandro Della Valle)

Como informamos recentemente, os alunos das escolas suíças têm que fazer uma grande escolha aos 14-15 anos de idade: se vão para uma escola de nível médio para se preparar para a universidade ou se vão fazer um aprendizado após o término da escola obrigatória. A maioria dos alunos - cerca de dois terços - opta pela via da formação profissionalizante. Isto é muito mais do que nos países como os Estados Unidos e o Reino Unido, que tendem a favorecer o ensino universitário.

Os alunos preparam-se para isso com conselhos de conselheiros vocacionais, pequenos estágios e conversa com os pais e amigos.

+ sobre se 14 anos é cedo demais para escolher uma profissão

Mas o que é que o contingente deste ano escolheu fazer? O primeiro "barômetro de transiçãoLink externo", publicado recentemente pela Secretaria de Estado da Educação, Pesquisa e Inovação (SERILink externo), tem algumas respostas.

O estudo descobriu que, dos 85 mil jovens de 14 a 16 anos que escolheram uma profissão, 57% já tinham encontrado uma solução de acompanhamento em março-abril.

A escolha mais popular dos alunos foi fazer um aprendizado logo após o término do ensino fundamental, com 51% (no ano passado, 53%), seguido por aqueles que preferem continuar estudando em um colégio, com 33% (no ano passado, 32%). Cerca de um quinto preferiu uma opção de transição ou provisória, escolhendo frequentar um curso preparatório para determinadas profissões ou tirando um ano sabático.

Percurso acadêmico tornando-se mais popular

"Em toda a Suíça, o ensino superior ganhou mais interesse e o desejo por uma formação geral tem um desempenho mais forte do que no ano passado", observou o SERI em um comunicado.  

Isto segue uma tendência geral entre pais com formação acadêmica e alguns expatriados que querem que seus filhos frequentem escolas secundárias.

Mais moças optaram pela via acadêmica (45%) do que rapazes (29%) e as escolas de ensino médio foram mais populares nas regiões de língua francesa e italiana da Suíça do que na região de língua alemã. 


Gênero e profissão

As profissões escolhidas ou na lista de preferências dos jovens de 14 a 16 anos também variam de acordo com o sexo, como pode ser visto abaixo:

graphic transition b

graphic showing apprenticeship preferences by gender

Duas profissões que entraram este ano na lista das três primeiras foram assistente social, para as meninas, e eletricista, para os meninos. "Apesar das mudanças emergentes no mercado de trabalho, muitos jovens escolhem profissões bem populares", observou a SERI.

"Muitos jovens que pretendem fazer um aprendizado assinam o contrato de aprendizagem só depois de fazer um estágio na profissão.”

Que meninos e meninas escolham certas profissões e a falta de garotas nos empregos científicos e tecnológicos são temas debatidos há muito tempo na Suíça. Estudos constataram que as decisões das meninas podem ser influenciadas pelo desejo de combinar trabalho e família mais tarde, de modo que elas optam por empregos que permitem o trabalho em tempo parcial, bem como por opiniões persistentes sobre o que é um trabalho "feminino" e "masculino". 

+ Por que as meninas na Suíça tendem a se afastar da física


Barômetro de transição 

Este estudo sobre as opções de formação dos alunos após a escolaridade obrigatória é publicado duas vezes por ano (abril e agosto) pela Secretaria de Estado da Educação, Pesquisa e Inovação (SERI). O objetivo é mostrar a situação e as tendências atuais. 

Ele abrange o período de transição entre a escola obrigatória, que termina nos 15-16 anos na Suíça, e o ensino médio e superior. O próximo passo é geralmente uma formação profissionalizante ou uma escola secundária. O ensino médio que prepara ao ingresso às universidades não é obrigatório, mas mais de 90% dos alunos optam por ele. Os alunos têm geralmente entre 19 e 20 anos de idade quando terminam o colégio na Suíça. 

Aqui termina o infobox



Adaptação: Fernando Hirschy, swissinfo.ch

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.