Navigation

Suíça vai gastar 1 bilhão para descontaminar quartéis

Os solos concentram chumbo com os tiros Keystone

Os exercícios de tiro real vão custar caro ao contribuinte suíço. Os solos de 1.500 áreas de tiro estão poluídos com resíduos de metais das munições.

Este conteúdo foi publicado em 13. abril 2010 - 17:39

Depois de contaminar os solos, há risco também de contaminação dos lençóis freáticos.

No momento em que o ministro da Defesa, Ueli Maurer, reclama mais recursos para as forças armadas, o exército deverá gastar 1 bilhão de francos suíços para descontaminar as áreas de exercício com tiro real nos próximos anos.

Esse montante foi calculado por especialistas que estimam que as operações de despoluição das 1.500 espaços suspeitos serão longas e caras.

Em certos municípios, os técnicos encontraram dezenas de espaços fortemente poluídos, especialmente com chumbo, afirmou o porta-voz do ministério da Defesa (DPPS), Sebastian Hueber, confirmando as informações de um artigo publicado no jornal Sonntags Zeitung, de Zurique.

Os estados (cantões) que contém mais espaços poluídos por resíduos de munições são Berna, Friburgo, Vaud, St.Gallen, Zurique e Ticino. Berna, por exemplo, tem 400 áreas poluídas.

O cadastro do ministério da Defesa menciona 330 áreas poluídas com chumbo.

swissinfo.ch com agências

Alguns números

Despesas totais da Suíça em 2009: 58,2 bilhões de francos
Despesas com a Defesa em 2009: 3,87 bilhões de francos

Efetivos do exército e da aeronáutica em 2009:
Ativos: 188.433
Oficiais: 17.610
Sub oficiais: 31.613
Reservistas: 14.422

Fonte: Ministério da Defesa

End of insertion

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?