Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Suíços comprovam crimes em Kosovo

Técnicos suíços encontrar provas de execuções em Kosovo

(Keystone)

Duas equipes de técnicos suíços exumaram 80 cadáveres no sul de Kosovo e comprovaram que as vítimas foram executadas. Como parte das investigações de crimes de guerra, um relatório foi entregue à Procuradora geral do Tribunal de Haya, Carla Del Ponte.

O relatório entregue à Procuradora geral do Tribunal Penal Internacional (TPI) de Haya, Holanda, Carla Del Ponte, é resultado de duas missões de técnicos em Kosovo à pedido do TPI. Depois de exumarem 80 cadáveres, a conclusão é que as pessoas foram executadas de várias maneiras: a tiro, a facadas, a marteladas e com explosivos. Depois foram enterradas em pequenos grupos.

Ambas as equipes passaram de duas a três semanas investigando no sul de Kosovo, perto da fronteira com a Macedônia. O primeiro grupo tinha 4 policiais e o segundo 13 pessoas, inclusive dois médicos legistas. Uma terceira equipe de investigadores suíços será enviada a Kosovo em setembro.

Vários técnicos de diversos países têm sido solicitados pelo Tribunal de Haya sobre os crimes de guerra na ex-Yugoslávia e em Ruanda. O trabalho desses técnicos serve para sustentar as acusações do TPI.

Em novembro do ano passado, segundo o TPI, já haviam sido encontrados 4.266 corpos em Kosovo e a Procuradora geral, a suíça, Carla Del Ponte, busca mais de 11 mil cadáveres de vítimas na região.

swissinfo com agências

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.