Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Técnico suíço convoca vinte seis jogadores

"Tenho confiança nesse grupo", declarou Köbi Kuhn.

(Keystone)

A 25 dias da estréia no Euro, o treinador da seleção suíça Köbi Kuhn anuncia uma lista de 26 jogadores para o estágio de treinamento em Lugano, sul da Suíça.

Desse grupo, três jogadores ainda serão cortados. Entre os convocados estão dois lesionados e supresa é a volta do médio Ricardo Cabanas.

Primeiro andar de um grande hotel de Berna. Acompanhado por Ernst Lämmli da Associação Suíça de Futebol, do chefe de comunicação Pierre Benoît e de um dos médicos da seleção, Cuno Wetzel, o técnico Köbi Khun fala em tom solene.

Ao anunciar os jogadores, os perfís são projetados num telão. A lista é quase definitiva, pois apenas três nomes devem ser cortados até o final de maio para chegar aos 23 definitivos, conforme o regulamento da UEFA.

"Não sei se minha seleção é a melhor possível. Só os resultados objetivos em campo poderão dizer. O que é certo é que, mesmo se os jogadores não estão todos no mesmo nível atualmente, eu tenho confiança no grupo", explica Köbi Kuhn.

"Gostaria de anunciar hoje a lista definitiva de 23 jogadores", continua o técnico, "mas vários fatores me impedem de fazê-lo como as lesões de Patrick Müller e Philipp Degen".

Os casos de Müller e Degen

Machucado várias vezes este ano com seu clube em Dortmund, Philipp Degen passará por uma série de testes esta semana na Escola Federal do Esporte de Macolin, no cantão de Berna, para saber realmente se poderá jogar ou não.

O zagueiro Patrick Müller, do Lyon - que jogou no Euro em Portugal e na Copa do Mundo - beneficiará de "um regime especial" para tentar se recuperar.

"Não vai ser fácil", reconhece Köbi Kuhn. Até porque Müller não deverá participar do último amistoso contra Eslováquia em 24 de maio já que seu clube disputará a final da Copa da França no mesmo dia. Müller declarou que se não estiver em forma, ele próprio pedirá para ser cortado da seleção.

A surpresa da escolha de Ricardo Cabanas

Afora os dois jogadores lesionados, que poderiam facilitar a escolha final do treinador, a única surpresa da lista é a volta de médio Ricardo Cabanas. Ele também jogou no Euro 2004 e na Copa de 2006, mas não joga na seleção desde o amistoso com a Holanda, em agosto de 2007.

Machucado do joelho e operado em setembro passado, Cabanas voltou a jogar no Grasshopper de Zurique em fevereiro e, desde então, está novamente em fase ascendente.

"Ele trabalhou muito depois da lesão. Não era fácil voltar a um bom nível. Além disso, ele me mostrou que podia contar com ele e que minha escolha seria muito difícil, pois vai dar o máximo de si", afirma Kuhn. "Atualmente o Cabana está entre os jogadores mais experientes do grupo. Essa experiência no meio-campo pode ser benéfica para a equipe, mas nada está decidido ainda."

Não convocados por Köbi Kuhn foram os jogadores Blerim Dzemaili, Reto Ziegler e David Degen. Os três irão participar de uma preparação junto à seleção sub-21 e poderão ser chamados em caso de lesão de um titular.

Mauro Lustrinelli, Thomas Häberli (segundo maior artilheiro do campeonato suíço) e Fabio Celestini foram definitivamente descartados da seleção helvética.

swissinfo, Mathias Froidevaux

Os 26 selecionados

Goleiros (3): Diego Benaglio (Wolfsburg), Fabio Coltorti (Santander) e Pascal Zuberbühler (Neuchâtel Xamax).

Defesas (10): Philipp Degen (Borussia Dortmund), Johan Djourou (Arsenal), Mario Eggimann (Karlsruhe), Stéphan Grichting (Auxerre), Stephan Lichtsteiner (Lille), Ludovic Magnin (VfB Stuttgart), Patrick Müller (Lyon), Philippe Senderos (Arsenal), Christoph Spycher (Eintracht Francfort) et Steve von Bergen (Hertha Berlin).

Médios e atacantes (13): Tranquillo Barnetta (Bayer Leverkusen), Valon Behrami (Lazio), Ricardo Cabanas (Grasshoppers), Eren Derdiyok (Basiléia), Gelson Fernandes (Manchester City), Alexander Frei (Borussia Dortmund), Daniel Gygax (Metz), Benjamin Huggel (Basiléia), Gökhan Inler (Udinese), Blaise Nkufo (Twente Enschede), Marco Streller (Basiléia), Johan Vonlanthen (Salzburg) e Hakan Yakin (Young Boys).

Aqui termina o infobox


Links

×