Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Telões da Euro não repetem sucesso da Copa 2006

Torcida suíça lota a Praça do Palácio Federal, em Berna, durante os jogos da seleção helvética.

(Keystone)

Os telões instalados em espaços públicos na Suíça e na Áustria atraíram 750 mil torcedores durante os jogos da primeira rodada da Euro. Isso é mais do que o dobro da capacidade dos oito estádios do torneio.

Nas cidades-sede, as projeções públicas dos jogos são bem freqüentadas, mas as arenas UBS na Suíça, que cobram ingressos, não lotam. Comerciantes reclamam, mas a Uefa está satisfeita com a "maior festa do futebol" de sua história.

O número de torcedores que viaja aos grandes torneios de futebol mesmo sem ter ingressos explodiu nos últimos anos. Na Copa de 2006 na Alemanha, 3,3 milhões de pessoas foram aos estádios, enquanto 14 milhões viram os jogos no chamado public wieving.

Na Euro 2008, são esperados "apenas" 1,1 milhão de fãs nos estádios, 2,2 milhões na projeções públicas na Áustria e 2,04 milhões diante dos telões na Suíça. Isso é pouco, se comparado com a Copa na Alemanha, mas é quase cinco vezes o público da 2004 em Portugal.

Segundo um balanço parcial da Uefa, nos três primeiros dias da Euro, 750 mil pessoas visitaram as praças de fãs (fanzones) oficiais na Áustria e na Suíça – uma média de 125 mil por jogo.

'Quinto estádio' é ponto de encontro

"É um sucesso impressionante que tenham vindo tantos torcedores. Estamos muito satisfeitos", disse o diretor de patrocínio e promoção de eventos da Uefa, Alan Ridley, na terça-feira (10/06).

"A aceitação do 'quinto estádio' é fantástica. A entrada é gratuita, o astral é bom e é um ponto de encontro", acrescentou Ridley.

O cálculo da Uefa não inclui os locais que cobram ingressos, como as UBS Arena em 16 cidades suíças (com entradas que custam entre 11 e 16 francos) nem os telões instalados em bares, restaurantes ou em outros países.

Clima de Copa volta à Alemanha

No último domingo, por exemplo, só em Hamburgo 30 mil pessoas assistiram ao jogo Alemanha contra Polônia (2 a 0) na Praça Heiligengeistfeld. Em Oldenburg, no norte da Alemanha, 20 mil fãs viram o jogo num telão de 48 m².

Os 750 mil fãs mencionados pela Uefa representam quase o dobro do número de torcedores que foram aos oito estádios do torneio na primeira rodada: os quatro suíços oferecem 134,5 mil lugares, enquanto os quatro austríacos podem receber no máximo 144 mil torcedores.

No total, as fanzones da Uefa em Basiléia, Berna, Genebra, Zurique, Innsbruck, Klagenfurt, Salzburgo e Viena têm capacidade para 320 mil pessoas assistirem aos jogos diante de 28 telões. Esse é o "palco da maior festa do futebol da história da Uefa", segundo a entidade.

A Áustria tem uma rede nacional de projeção pública dos jogos. Além das fanzones oficiais, há 360 locais de projeção pública espalhados pelo país, com espaço para cerca de 300 mil pessoas por dia, garante Heinz Palme, coordenador da Euro do governo austríaco.

Arenas UBS não lotam

Durante o jogo de estréia da Áustria contra a Croácia (0 a 1), no último domingo, por exemplo, 100 mil fãs acompanharam a partida no centro de Viena, além dos 50 mil que lotaram o estádio Ernst-Happel, o maior da Euro.

O balanço da Uefa é bastante otimista. Não leva em conta as reclamações que há tanto na Suíça quanto na Áustria de comerciantes que, com base nas projeções dos organizadores da Euro, esperavam muito mais torcedores.

Em Basiléia, por exemplo, há campings que continuam vazios. Em Zurique, alguns comerciantes próximos às fanzones dizem que estarão arruinados depois da Euro. Em Viena e Klagenfurt (Áustria), os torcedores locais aparentemente sumiram da cidade.

Já Berna parece ser uma exceção. A cidade foi invadida por dezenas de milhares de holandeses, cuja seleção disputa seus três jogos da primeira fase no Estádio da Suíça, no bairro Wankdorf. Nas praças e ruas da cidade domina a cor laranja.

Segundo um balanço preliminar do governo em Berna, "a situação das projeções públicas na Suíça diverge muito. Enquanto as fanzones nas quatro cidades-sede são bem visitadas, as arenas UBS e o public wieving em cidades que não sediam jogos não lotam".

Durante a partida de abertura da Euro (Suíça 0 x 1 República Tcheca, 07/06 na Basiléia), as arenas UBS estiveram 100% lotadas. No domingo (08/06), ficaram mais da metade desertas (ocupação de 40%) e na segunda-feira, 56% lotadas. Nas semifinais e na final, espera-se mais público, prevê o governo suíço.

swissinfo, Geraldo Hoffmann

Public wieving

Na Euro 2008 são esperados "apenas" 1,1 milhão de fãs nos estádios, 2,2 milhões na projeções públicas na Áustria e 2,04 milhões diante dos telões na Suíça.

Só na Áustria há espaço para mais de 300 mil pessoas por jogo em locais de projeções públicas.

Os oito jogos da primeira rodada atraíram mais de 750 mil fãs para os telões.

Aqui termina o infobox

Capacidade dos estádios

Áustria

Innsbruck: 30 mil
Klegenfurt: 32 mil
Salzburgo: 30 mil
Viena: 50 mil
Total: 144 mil

Suíça

Basiléia: 42,5 mil
Berna: 32 mil
Genebra: 30 mil
Zurique:30 mil
Total: 134,5 mil

Aqui termina o infobox

×