Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Eventos naturais Qual desastre natural mata mais na Suíça?

Mais de 1000 pessoas morreram de acidentes naturais na Suíça nos últimos 70 anos. Este gráfico mostra como avalanches e deslizamentos de pedras ocorrem principalmente nas regiões alpinas e subalpinas e as mortes por tempestades e inundações são especialmente frequentes no planalto suíço.

Natural hazard graphics BIG

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O estudo realizado pelo Instituto Federal de Pesquisa Florestal, da Neve e da Paisagem teve como objetivo melhorar as medidas de proteção civil e exclui as vítimas que morreram durante atividades de lazer em terrenos não garantidos, por exemplo, esquiadores que praticam o esporte fora das pistas de esqui. Muitos montanhistas e alpinistas são mortos por relâmpagos ou quedas de rocha, de acordo com o Clube Alpino Suíço.

A pesquisa mostrou que ao longo do período em questão 1023 pessoas foram mortas em 635 eventos naturais. Mais de um terço de todas essas mortes foram causadas por acidentes de avalanche. Os raios são a segunda causa mais letal, com 164 mortes.

Nos últimos 70 anos, o número de mortes causadas por ambos os tipos de eventos diminuiu claramente. A principal razão é a intensa pesquisa em avalanches, que tem melhorado muito a sua previsão. Outras razões incluem novas estruturas de proteção e melhores mapas de risco. O número de acidentes causados por deslizamentos de terra, inundações, quedas de rocha e tempestades permaneceu praticamente estável.

Em comparação mundial, o número de mortes na Suíça causado por perigos naturais é inferior à média.

Nenhuma catástrofe

Ao longo dos últimos mil anos, a Suíça sofreu repetidas vezes grandes desastres naturais, causando centenas de mortes, como o terremoto que atingiu Basileia em 1356 ou o deslizamento de terra em Goldau, uma cidade na Suíça central, em 1806. Mas o país tem sido poupado de tais eventos nos últimos 70 anos.

O maior desastre ocorrido durante esse período ocorreu em 1965, quando 88 pessoas foram mortas por uma avalanche de gelo durante os trabalhos de construção da represa de Mattmark, no cantão do Valais. Avalanches mataram 30 pessoas em Reckingen, em 1970, e 19 em Vals, em 1951.

No entanto, as catástrofes naturais na Suíça representam apenas uma pequena porcentagem de todos os acidentes mortais. Entre 1946 e 2015, 60 vezes mais pessoas foram mortas em acidentes de trânsito e cerca de cinco vezes mais morreram em acidentes ferroviários do que por desatres naturais.


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português


Adaptação: Fernando Hirschy, swissinfo.ch

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×

Destaque