Your browser is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this websites. Learn how to update your browser[Fechar]

Segurança no exterior


Suíços procuram mais assistência fora do país


 Outras línguas: 4  Línguas: 4

Os suíços estão usando cada vez mais a linha direta oficial da Suíça para serviços consulares e conselhos de viagem. Apenas em julho, houve mais de 7.000 chamadas e e-mails.

Basta um telefonema para receber assistência no exterior (Keystone)

Basta um telefonema para receber assistência no exterior

(Keystone)

O ministério das Relações Estrangeiras do país (DFAE, na sigla em francês) atribui o aumento às preocupações com o terrorismo. Após o ataque terrorista em Nice, na França - que matou três pessoas residentes na Suíça - muitas pessoas ligaram pedindo informações sobre seus familiares.

A linha oferece principalmente boletins de viagem sobre a situação de segurança no exterior, informações de contato de embaixadas e consulados estrangeiros, suporte para obter proteção consular em caso de emergência e conselhos para quem vive no exterior.

O número de chamadas e e-mails mais do que quadruplicou desde a criação da linha em 2011. Em julho de 2016, foram 7.214 chamadas - consideravelmente mais do que em qualquer outro mês.

Além da linha telefônica, o aplicativo itineris app oferece aos cidadãos suíços a oportunidade de se registrarem quando viajam para o exterior. Isto torna mais fácil localizar e entrar em contato com as pessoas em caso de emergência. Cerca de 72.000 pessoas estão registradas no aplicativo. De acordo com o DFAE, a maioria delas está atualmente nos Estados Unidos, na Turquia e na Tailândia.


Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

×

Destaque