Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

A Páscoa na Suíça vai até terça

Na Suíça e outros países europeus, Sexta-Feira Santa e Páscoa transformam-se num feriadão, com 4 dias de folga. Com a primavera incipiente e o calorzinho convidativo, os europeus saem às centenas de milhares rumo ao Sul, em busca de calor e divertimento.

A afluência às estradas, ferrovias e aeroportos é enorme neste período do ano. Tanto que frequentes engarrafamentos e atrasos nos dias da ida e da volta tiram um pouco do prazer aos turistas em busca de descanso e novas sensações.

Os países do sul da Europa e o Magreb são praticamente invadidos pelos turistas "nortistas" da Europa Ocidental. Nesses países o custo de vida é geralmente mais barato, as pessoas parecem saber melhor aproveitar da existência e quase sempre faz mais calor...

Há os turistas mais afoitos que até se lançam ao mar, com temperatura da água dificilmente ultrapassando 16 graus.

Os suíços adoram dar uma chegada à Itália vizinha, ao sul da França e aos países árabes do Maghreb (noroeste da África). Os mais ricos aproveitam até para passeios mais longínquos: Londres, Nova York, Las Palmas... É bom assinalar que na Páscoa as escolas fecham por duas semanas...

Pode haver surpresas para quem sai em busca de calor. Por exemplo, na Sexta-Feira Santa e Sábabado da Aleluia, fazia mais calor na Suíça que na Itália. E na segunda-feira de Páscoa, os termômetros marcavam 18 graus em Moscou e oscilavam em torno de 10 na Suíça!

Em tempo: a segunda-feira de Pentecostes e o dia 26 de dezembro também são feriados em países europeus, inclusive na Suíça.

J.Gabriel Barbosa

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.