Arqueólogos encontram molde de jóias cristãs milenar

O molde tem apenas 9 centímetros de comprimento. Archäologischer Dienst Graubünden

Uma escavação arqueológica ao lado de uma antiga prisão no cantão dos Grisões, no sudeste da Suíça, desenterrou um molde com 1.000 anos que era usado para forjar jóias de temática cristã.

Este conteúdo foi publicado em 22. julho 2020 - 07:45
swissinfo.ch/fh

O molde, que mede 9 x 8,5 x 3 centímetros, teria sido usado para forjar até sete tipos diferentes de objetos, incluindo brincos e um crucifixo.

Especialistas dos serviços arqueológicos dos Grisões disseram, na terça-feira, que consideravam o objeto datado de algum tempo entre os séculos IX e XI.

O achado é raro não apenas no cantão dos Grisões, mas em toda a Suíça; tais objetos haviam sido encontrados anteriormente apenas em Berna, Basileia e Winterthur.

Arqueólogos têm escavado desde março na área e nos arredores da prisão Sennhof, recentemente fechada, e se depararam com o que descrevem como um pequeno distrito artesanal datado da Idade Média.

A escavação continuará até o outono. Enquanto isso, mais pesquisas serão feitas para determinar a natureza do molde encontrado na terça-feira.

Partilhar este artigo