Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Federer termina o ano como número um

Federer calou a torcida britânica de Murray em Londres.

(Keystone)

O tenista suíço Roger Federer derrotou, na terça-feira (24/11) à noite, o escocês Andy Murray na segunda rodada do torneio Masters de Londres por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/3, 6/1.

Com isso, ele terminará o ano de 2009 na primeira posição no ranking mundial da Associação de Tenistas Profissionais (ATP). A decisão sobre a classificação para a semifinal sai na quinta-feira.

A partida pela série final da Copa do Mundo de Tênis começou bem para Federer. Ele quebrou o serviço de Murray no primeiro game, mas, logo em seguida, cedeu o rebreak ao escocês. Após 42 minutos de jogo, Murray venceu o primeiro set por 6/3.

No segundo set, o suíço imediatamente teve uma nova chance para quebrar o serviço, mas não a aproveitou. Sob o olhar dos jogadores do Tottenham Hotspur, que no último domingo venceram o Wigan por 9 a 1, Federer realizou o break para marcar 4/2 e, após 43 minutos, venceu o set por 6/3.

Murray começou o terceiro e decisivo set com dupla falta, mas manteve o serviço. Quando chegou sua vez para servir pela segunda vez, o escocês repetiu o erro e Federer não perdoou: 2/1.

O suíço aumentou ainda mais a pressão e calou a torcida local do britânico terminando o jogo, após 1h49, com o placar de 6/1 no último set. Foi a quarta vitória de Federer no décimo confronto com Murray – todos em quadras duras.

Pentacampeão da ATP



Com isso, já é certo que Roger Federer irá terminar pela quinta vez uma temporada como número um do tênis mundial. Federer agora soma 10.550 pontos. Seu arquirrival espanhol Rafael Nadal pode chegar, no máximo, a 10.545 pontos.

Rafael Nadal era o único com possibilidades de tirar o primeiro lugar de Federer, mas a derrota do espanhol na segunda-feira para Robin Söderling e as duas vitórias do suíço impedem que alguém possa superar os pontos de Federer nesta temporada.

"Significa muito recuperar o número um e terminar o ano de novo como líder", disse Federer depois da partida. "Foi um ano incrível para mim, tanto dentro como fora da quadra. O fato de ter podido quebrar o recorde histórico de títulos de Grand Slam e encerrar a temporada no topo é fantástico."

O suíço de 28 anos ocupou o primeiro lugar da ATP por um tempo recorde de 237 semanas consecutivas de 2 de fevereiro de 2004 a 17 de agosto de 2008, quando a perdeu para Nadal. Federer recuperou a liderança em 6 de julho de 2009, após conquistar seu 15° título de Grand Slam em Wimbledon.

Semifinal



O que ainda não está garantido é a classificação de Federer para a semifinal em Londres, que dependerá do resultado da partida do suíço contra o argentino Juan Martin Del Potro, nesta quinta-feira.

Federer não passará às semifinais se perder para Del Potro por 2 sets a 0 e Murray derrotar o espanhol Fernando Verdasco. Até agora, todas as partidas no Grupo A foram decididas no terceiro set.

Se vencer o torneio, o suíço irá se igualar em número de vitórias (cinco) com Ivan Lendl e Pete Sampras no Masters de Londres. Federer venceu a competição em 2003, 2004, 2006 e 2007.

Geraldo Hoffmann, swissinfo.ch (com agências)

Campeões da ATP

2009: Roger Federer

2008: Rafael Nadal

2007: Roger Federer

2006: Roger Federer

2005: Roger Federer

2004: Roger Federer

Aqui termina o infobox


Links

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

×