Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Política externa Vocês jamais me ouvirão falar "Suíça acima de tudo"

Ignazio Cassis
(Keystone / Jean-christophe Bott)

O ministro das Relações Exteriores da Suíça, Ignazio Cassis, quer fortalecer a autoconfiança da Suíça no mundo. Nesta entrevista, o conselheiro federal explica por que razão a Suíça deve, no futuro, agir com base em interesses claramente definidos.

swissinfo.ch: O sr. conhece bem a psicologia do nosso país. Como pretende fortalecer a autoconfiança da Suíça no mundo no futuro?

Ignazio Cassis: Não é o "como", mas "o quê" é a questão agora. Que chances e oportunidades a Suíça quer aproveitar dentro de dez anos no mundo? Para onde nos levará essa viagem? Isso inclui valores, uma atitude e uma visão. Queremos conhecer os motores dos desenvolvimentos. Estamos a falar de digitalização, alterações climáticas e fluxos migratórios. Temos agora de nos concentrar nos desafios e, acima de tudo, nas oportunidades que estes representam para a Suíça. O "como" vem depois.

swissinfo.ch: A Suíça não é uma grande potência, não faz parte da Europa (UE), tem pouco significado em termos de poder político. Quando os grandes Estados chamam, a Suíça presta um bom serviço. Não deve a Suíça libertar-se deste papel de oportunista?

I.C.: A Suíça tem sido bastante reativa ao longo da sua história. Mas falei de uma Suíça movida por oportunidades. Oportunista significa algo com conotações negativas. E a Suíça não fez tão mal até agora, vivemos num país muito bonito. 

Mas isso não é suficiente. Não podes simplesmente agir de forma reativa. Temos agora de nos interrogar ativamente sobre o futuro que o Conselho Federal e os cantões devem tornar possível. Para responder a esta pergunta, coloca-se agora a questão fundamental de saber qual é a nossa posição do mundo dentro de dez anos. Fizemos estas considerações.

"Há cada vez mais pólos que querem exercer o poder. A Suíça, com a sua Genebra internacional, está bem equipada para oferecer um bom ambiente [de mediação política]."

Aqui termina a citação

swissinfo.ch: Com quais pontos fortes a Suíça poderá se afirmar no futuro na competição global de opiniões e debates?

I.C.: Nossas marcas globais são estabilidade, confiabilidade, segurança jurídica, previsibilidade e neutralidade. Estes são os cinco pontos mais importantes que nos tornam confiáveis em todo o mundo. É por isso que a Suíça é muitas vezes solicitada a realizar trabalhos de mediação entre Estados.

swissinfo.ch: Que desafios o sr. vê a Suíça enfrentar daqui a dez anos?

I.C. : Devemos reforçar o sistema multilateral no mundo. Um mundo que agora tem várias potências, incluindo a China, mas também a Turquia, o Brasil, a África do Sul e outros. Há cada vez mais pólos que querem exercer o poder. A questão é saber como podemos desempenhar um papel nesta situação para que não haja uma escalada violenta. A Suíça, com a internacional Genebra, está idealmente equipada para fazer um bom trabalho nesse sentido.

swissinfo.ch: A visão de política externa da Suíça para 2028, o chamado Avis 28, fala sobretudo dos benefícios para a Suíça. Seria isso uma espécie de "Switzerland First" (Suíça acima de tudo)?

I.C.: Nunca ouvirás "A Suíça acima de tudo" da minha parte. Isso é da campanha eleitoral dos EUA. "A América em primeiro lugar" significa mais do que a sua tradução pura. Mas claro que represento os interesses da Suíça. Esse é o dever de cada conselheiro federal. O artigo 2º da Constituição estabelece claramente que é nossa missão garantir a segurança do nosso país e promover a prosperidade - também na política externa. Isto é conseguido através de boas relações com outros países e da estabilidade no mundo. Neste sentido, a política externa é sempre uma política de interesses, especialmente numa democracia direta. A Suíça é e continua sendo um país aberto ao mundo e comprometido com a solidariedade. Valores e interesses não são opostos - eles são mutuamente dependentes e se apoiam mutuamente.

Você pode assistir a entrevista inteira aqui (em alemão):

embed cassis

Facebook Live: Interview mit Aussenminister Ignazio Cassis


swissinfo.ch/ets

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.