Perspectivas suíças em 10 idiomas
Vida cotidiana na Suíça

Moradia

Ennio Leanza/Keystone

Dependendo da cidade ou bairro, encontrar um lugar para morar na Suíça pode ser complicado. Saem-se bem aqueles que têm um bom conhecimento do mercado imobiliário.

A maioria dos residentes suíços (60%) vive em um apartamento alugado, mas a proporção de proprietários vem aumentando constantemente desde os anos 70. Mais da metade das habitações tem 3 ou 4 quartos.

O aluguel mensal médio foi de 1.362 francos suíços em 2019. Os cantões de Zug, Zurique e Schwyz oferecem os apartamentos mais caros, enquanto os de preço mais vantajoso estão nos cantões do Jura, Neuchâtel e Valais. Os aluguéis são cerca de 10% mais altos nas cidades maiores.

Mostrar mais
Un quartier de maisons avec une montagne derrière

Mostrar mais

Casas, chalés, cooperativas ou espigões: descubra como moram os suíços

Este conteúdo foi publicado em A maioria dos suíços mora de aluguel. Em 2016, 2,2 milhões de lares viviam em um apartamento alugado e 1,4 milhão em um imóvel próprio. Desde 1970, a taxa de aquisição de imóveis vem aumentando constantemente na Suíça. Em 2017, o total de imóveis contava 4,47 milhões de moradias – e isso para 8,4 milhões…

ler mais Casas, chalés, cooperativas ou espigões: descubra como moram os suíços

Encontrando um apartamento

A maneira mais fácil de encontrar um apartamento é olhar a lista de apartamentos vagos em sites especializados, ou diretamente nos sites dos agentes imobiliários da região. Um número de telefone de contato ou o nome de uma pessoa são normalmente publicados no anúncio, para que você possa agendar uma visita.

O passo seguinte é enviar um pequeno dossiê ao agente imobiliário ou diretamente aos proprietários. Isto geralmente inclui prova de identidade, um contrato de trabalho declarando o montante do salário ou holerites dos três últimos meses com a especificação da remuneração recebida, um certificado no qual nada conste por parte do serviço de execução de dívidas, uma autorização de residência para estrangeiros e uma cópia da apólice de seguro de responsabilidade civil.

Mostrar mais
Moderne Siedlung

Mostrar mais

Cooperativas como alternativa às casas individuais

Este conteúdo foi publicado em À margem da cidade de Zurique encontra-se o dinâmico bairro de LeutschenbachLink externo. Em antigos depósitos industriais e comerciais, estão sendo construídos diversos centros habitacionais. Ou seja, a cidade, em rápido crescimento, quer tornar essa área mais densa, a fim de acomodar 25% habitantes a mais, como indicam as projeções até o ano de 2040. Ao…

ler mais Cooperativas como alternativa às casas individuais

Contrato de locação

Uma vez alugado o imóvel, a administração ou os proprietários assinam um contrato com os locatários, chamado contrato de locação, que inclui os dados de contato de todas as partes, os bens incluídos na locação (garagem, adega, etc.), a duração do aluguel, o valor do aluguel, assim como os encargos (aquecimento, água, eletricidade, etc.) e o valor da garantia de aluguel.

Esta garantia é exigida pela maioria das agências e proprietários, pode representar até três meses de aluguel e serve como garantia em caso de danos que excedam o uso “normal” do imóvel. O dinheiro não é pago diretamente à administração ou aos locadores, mas depositado em uma conta de “garantia de aluguel”, aberta pelos locatários em um banco suíço. Ela deve ser recuperada ao final do contrato de locação.

Mostrar mais
Tiny Haus vor Berglandschaft

Mostrar mais

As “micro-casas” preferidas pelos suíços

Este conteúdo foi publicado em O movimento das micro-casas (“tiny house”, em inglês) teve origem nos Estados Unidos, onde recebeu um forte impulso com a crise financeira e imobiliária a partir de 2008, quando muitas pessoas perderam suas casas ou empregos. Casas pequenas sobre rodas pareciam uma boa solução, porque é uma forma de vida mais barata e eficiente em termos…

ler mais As “micro-casas” preferidas pelos suíços

Rescisão

O aluguel pode ser por um período fixo ou indefinido. Na maioria das vezes, ele é assinado por tempo indeterminado, e ambas as partes podem terminá-lo, respeitando os prazos e certas regras que são especificadas no contrato.

Normalmente, os inquilinos têm que comunicar a rescisão por carta registrada, três meses antes de deixarem o imóvel. Eles podem sair antes desse prazo, mas devem então apresentar ao proprietário inquilinos que os substituam, que estejam solventes e dispostos a assumir o aluguel nas mesmas condições.

O imóvel deve ser preservado cuidadosamente e devolvido exatamente nas condições em que estava no momento da locação.

Adaptação: João Batista Natali

Preferidos do leitor

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR