Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

#swisshistorypics Fotos aéreas americanas mostram a Suíça em 1946

Após a Segunda Guerra Mundial, bombardeiros americanos tomaram os céus da Suíça em uma missão pacífica para tirar fotos aéreas.

Depois que a guerra terminou, um projeto foi organizado entre os EUA e os britânicos para produzir um mapa de toda a Europa, que seria usado para fins de aviação. Depois que a embaixada americana abordou a Suíça sobre sua participação, a força aérea suíça não fez objeções. Mas para dissipar qualquer suspeita de espionagem, observadores suíços foram autorizados a bordo dos aviões, que deveriam voar a uma altitude entre 6000 e 8000 metros sobre o país.

Câmeras ao invés de armas

As armas foram desmontadas dos bombardeiros e duas câmeras e um visor foram instalados no piso da aeronave. Os voos seriam feitos de Augsburg na Alemanha, da Suíça de oeste para leste e vice-versa. 4.200 fotografias foram tiradas ao longo de um período de 34 dias sem nuvens, 530 delas em um único dia em julho de 1946. A área coberta era de 17.000 km².

Os observadores suíços dos voos notaram que os americanos usavam a tecnologia mais atualizada. Enquanto a topografia suíça ainda estava trabalhando com placas de vidro, os EUA usaram câmeras que tiravam automaticamente fotos de tamanho 23 x 23 cm.

As fotos foram disponibilizadas online por swisstopoLink externo, o Departamento Federal de Topografia.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.