Navegação

Menu Skip link

Subsites

Funcionalidade principal

Literatura imigrante Um "varal" virtual para autores lusófonos

Emigrar não significa abandonar o próprio idioma: Jacqueline Aisenman é uma prova viva dessa condição. A brasileira e escritora radicada há mais de duas décadas em Genebra abriu, há três anos, uma plataforma voltada a autores de língua portuguesa radicados no exterior e residentes no Brasil.

A autora fotografada durante uma feira literária no Brasil.

A autora fotografada durante uma feira literária no Brasil.

"Varal do Brasil", como foi intitulado o projeto, é uma revista eletrônica mensal voltada a diferentes formas de expressão do idioma como contos, poemas, relatos e até receitas culinárias.

swissinfo.ch esteve com a autora na sua residência em Genebra. Desde o início do ano, Jacqueline Aisenman e seus colaboradores também participaram do 26º Salão do Livro de Genebra, além de terem lançado o livro Varal Antológico 2, coletânea do Varal, em Salvador, Brumadinho e Belo Horizonte.

Escute a entrevista clicando na imagem abaixo.

Escritores Entrevista

Jacqueline Aisenman explica à swissinfo.ch como funciona o Varal do Brasil e convida escritores lusófonos no exterior a participar. Entrevista ...


Pequena biografia 

Nasceu em 1961 em Laguna (SC). Chegou à Suíça em 1990, quando trabalhou por quinze anos na Missão do Brasil junto à ONU e alguns anos como funcionária de um banco privado.

Em 2009 resolveu dedicar-se somente à escrita. Livros já lançados: Coracional, Poesia nos Bolsos, Entre os Morros da Minha Infância, Lata de Conserva, Palavras para o seu Coração e Briga de foice .

No mesmo ano criou o site "Varal do Brasil" e em seguida veio  também um blog de divulgação cultural (ver link à direita).

Recebeu em 2011 o prêmio de Livro do Ano, na categoria contos, pela Academia Catarinense de Letras com seu livro "Lata de Conserva".

É casada, tem dois filhos e vive em Genebra.

swissinfo.ch


Links

×