Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Hóquei do gelo em Ambri-Piotta Uma equipe tão distante dos centros

Os vilarejos Ambrì e Piotta estão localizados em um vale no cantão do Ticino (sudoeste), a mil metros de altitude. Nessa região está o coração do hóquei do gelo na Suíça,

Quem atravessa o desfiladeiro do Gotardo, já vê os vilarejos ao lado direito do valeLink externo. Uma construção em Ambrì chama atenção aos olhos: a "Pista la Valascia" é o estádio de hóquei da equipe local HC Ambrì-PiottaLink externo, com capacidade para sete mil torcedores.

O fato desse número ser o dobro dos habitantes no local tem sua razão: essa equipe tem fãs em todo o país, inclusive também fora dele. São mais de 17 fã-clubes em todo o país e três na Itália. Além do italiano, no estádio os torcedores falam francês ou vários dialetos do alemão.

Se a partida é contra a equipe rival, o Clube de Lugano, então os torcedores invadem o espaço. Um dos torcedores, Bruno, conta em um bar próximo ao estádio como fundou um fã-clube em 1982. Por que o Ambrì-Piotta? Ele não consegue responder, mas diz que foi amor à primeira vista.

Um dos fatores que reforça a imagem do HC Ambrì-Piotta é o seu papel de "azarão" do hóquei no gelo. Desde que foi fundado em 1937, ele nunca chegou a conquistar um campeonato. Porém em 1985 chegou à primeira liga, apesar dos problemas financeiras.

Para a região do Leventina, como o vale é conhecido, o clube é um verdadeiro fator econômico. Os poucos restaurantes e hotéis já teriam fechado há muitas suas portas se não fosse a sua presença.

Rivalidade com Lugano

Os jogos contra a equipe de Lugano são sempre considerados especiais, com lotação completa do estádio. A rivalidade entre as duas equipes é cultuada. Para os fãs de Leventina, os torcedores de Lugano são snobes e chegam sempre em carros de luxo. Porém tudo não passa de paixão, nunca quebrada mesmo se o Ambrì-Piotta perde de 1 a 4.

Veja abaixo outros estádios famosos na Suíça.

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.