Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Criatividade no tráfego As circulatórias que vão para os museus suíços

O centro de um vilarejo ou o fim da estrada que leva a uma cidade costumava ser marcado por uma árvore ou rocha. Hoje os veículos são guiados através de circulatórias de tráfego. Na Suíça, algumas delas são marcadas por obras de arte ou esculturas. De onde surgiu a tradição?

A Suíça não é o único país a utilizar obras de arte para marcar as circulatórias de trânsito. Porém algumas delas se destacam pela criatividade. Thomas Rohrbach, porta-voz do Departamento Federal de Estradas, explica que não existe um número exato do número de circulatórias ou são “típicas” criações suíças. "Essas marcações são da responsabilidade dos governos locais", diz.

Questionado se essas obras incomuns são capazes de distrair os motoristas, Rohrbach nega.

Importação dos EUA

A primeira circulatória surgiu em Nova Iorque, Estados Unidos, em 1905. Devido ao crescimento do tráfego, a cidade precisava melhorar o fluxo do trânsito. O obstáculo foi introduzido posteriormente em Paris. Hoje os franceses contam aproximadamente 500 mil esculturasLink externo decorando as circulatórias no país.

Como na França, milhares de motoristas atravessam anualmente a Suíça e descobrem que as circulatórias também são decoradas. O fotógrafo Friederike SchmidLink externo documentou algumas delas.

A primeira circulatória a ganhar um prêmio artístico se chama "Encontro". De autoria do artista grego Costas Varotsos, a obra foi eleita a mais bonita da Suíça em 2005 e pode ser vista em uma região ao norte do país.

Em maio de 2019, a fotografia de uma circulatória na Suíça - exibido nesta galeria de imagens - tornou-se viral, ganhando atenção generalizada pelo design simples e inteligente.

Pode não ser do gosto de todos, mas a arte de decorar uma circulatória se tornou uma tradição que, para alguns vilarejos e regiões, é um cartão de visita capaz de atrair turistas e curiosos.

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.