Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Túmulos notáveis «Me enterrem na Suíça»

Diversas personalidades estrangeiras famosas fizeram da Suíça seu último lar. As razões para essa escolha são às vezes bizarras, às vezes trágicas, mas muitas vezes banais.

Uma pedra discreta com um registro aparentemente em ruínas e esverdeada em que se lê "Bakunin": este é o túmulo mais visitado no cemitério de Bremgarten em Berna. O famoso anarquista russo viveu por muitos anos na Suíça e morreu em 1876 em Berna, onde foi enterrado. Seus admiradores às vezes colocam uma flor no túmulo, acendem uma vela ou bebem vodka em sua homenagem.

Bakunin é uma exceção. Normalmente, não há muito barulho em túmulos de celebridades na Suíça. É bom saber que a maioria dos próprios suíços não sabem que pessoas famosas encontram-se enterradas em seu país. E a lista é longa. Os escritores James Joyce, Elias Canetti, Georg Büchner, Robert Musil, Vladimir Nabokov, Jorge Luis Borges e Carl Zuckmayer, o filósofo Max Horkheimer, o sociólogo Friedrich Pollock, o reformador João Calvino, o dadaísta Emmy Hennings e pintor Balthus, para citar alguns .

As razões pelas quais as pessoas se decidiram por ser enterradas na Suíça e as histórias em torno das sepulturas são bizarros, trágicos e às vezes apenas profundamente tristes. Nos anos 1930 e 1940, por exemplo, muitas personalidades fugiram do nazismo para a Suíça, onde morreram. O piloto de corrida norte-irlandês Hugh Caulfield Hamilton morreu em 1934 no Grand Prix suíço e está enterrado no cemitério de Bremgarten, perto de Bakunin.

Há até mesmo o túmulo de um rei, Mwambutsa IV do Burundi, que foi exilado na Suíça em 1966 e morreu ali. Sua filha teve o corpo exumado para organizar funerais de estado em seu país de origem. Mas o Tribunal Federal decidiu que Mwambutsa IV deve permanecer enterrado no cemitério de Meyrin (Genebra), porque o rei assim tinha desejado em seu testamento.

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.