Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

50° ano da morte de Corbusier Símbolo de modernidade da Suíça

Le Corbusier é o pseudônimo de Charles Edouard Jeanneret-Gris, considerado a figura mais importante da arquitetura moderna. Nascido em 1887 em La Chaux-de-Fonds, um município da Suíça no cantão de Neuchâtel (norte), o suíço também atuou nas áreas de urbanismo e design. Em 27 de agosto de 2015 o mundo comemora o 50° aniversário do seu falecimento.

Muitos móveis concebidos por ele juntamente com artistas como Charlotte Perriand e seu primo Pierre Jeanneret pertencem aos clássicos do design e são produzidos até hoje.

Em 1930, Le Corbusier se naturalizou francês.

Sua missão não era construír mansões para milionários, mas sim moradias funcionais e voltadas à vida moderna. A qualidade dos seus projetos não se media pela originalidade ou número de toaletes, mas sim pelos seus conceitos puristas e de "eficiência".

Como outros gênios visionários, Le Corbusier também polarizava. Seu projeto "Ville Radieuse" foi muitas vezes qualificado de totalitário. Nos últimos anos suas ligações com representantes do regime de Vichy na França ocupada e suas manifestações consideradas antissemíticas foram objetos de intensivas discussões.

(Imagens: akg-images, Keystone, RDB, Texto: Renat Kuenzi, swissinfo.ch)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.