Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Cineastas apelam a ajuda financeira

Debates ocorreram no Festival de Locarno, onde alguns filmes são exibidos na Piazza Grande

(Keystone)

Em Locarno - onde termina no domingo o 54° Festival de Filmes - jovens cineastas suíços insistiram na necessidade de estímulo financeiro ao cinema. Em debate sobre a questão, propuseram aumento da taxa sobre ingressos como principal solução...

Na Suíça, país de 7 milhões de habitantes, o Governo concede verba de 7,6 milhões de francos - US$ 4.5 milhões - à produção de filmes.

Jovens cineastas, reunidos em Locarno, sul, por ocasião do atual festival de cinema, pleitearam maior estímulo aos iniciantes na profissão ou medidas que incitem empresas ou particulares que ajudem ao cinema. Medidas que consistem geralmente em deduções fiscais.

A proposta é rejeitada por donos de cinema

Quanto a taxar ainda mais os ingressos de cinema, a proposta irrita os proprietários de sala. Um exemplo: Marc Salafa, de Friburgo, na Suíça de expressão francesa, estima que "se deveria buscar outros esquemas de financiamento", se não se quiser encarecer ainda mais os preços de entrada.

Na Suíça, o ingresso de cinema custa em torno 14 francos, cerca de 8 dólares. Em certas regiões do país, o espectador pode pagar taxa de até aproximadamente 15% do preço para financiamento parcial de novas realizações cinematográficas.

Salafa realça que o debate é muito vasto e que precisa ser encarado seriamente. Denuncia também que os cinemas são muito controlados, mas o controle é muito menos severo, por exemplo, para as locadoras de vídeo.

swissinfo com agências.


Links

×