Navigation

20 mortos em acidente aéreo nos Alpes

Um avião antigo caiu nos Alpes suíços no sábado, na região leste da Suíça. Todos os 20 passageiros perderam a vida na pior tragédia aérea da Suíça desde 2001.

Este conteúdo foi publicado em 06. agosto 2018 - 07:45
O local do acidente do Ju-52 em Piz Segnas. O avião caiu por razões ainda desconhecidas Kantonspolizei Graubünden

A polícia cantonal dos Grisões anunciou que todos os passageiros a bordo - 17 passageiros, dois pilotos e um comissário de bordo - perderam a vida no acidente.

É o pior acidente na aviação suíça desde a queda de um avião da Crossair, em Bassersdorf, no cantão de Zurique, que causou 24 mortes em 2001.

Todos os passageiros e tripulantes eram suíços, exceto um casal da Áustria que também estava a bordo com o filho.

O avião caiu no lado oeste da montanha Piz Segnas na tarde de sábado (ver mapa), a uma altitude de 2.540 metros. Estava viajando entre Locarno e Dübendorf quando caiu por razões desconhecidas.

Uma operação de salvamento em grande escala, que incluiu a instalação de cinco helicópteros, continuou no domingo de manhã e o espaço aéreo ao redor do local do acidente permanece fechado; algumas trilhas de caminhada na área também foram fechadas.

Conteúdo externo

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.