Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Locarno Shorts Weeks Locarno se globaliza com um festival de curtas online

Mulher se vê ao espelho com a cidade espraiada para além de sua janela

Uma história de adultério, atravessando barreiras morais, religiosas e de classe: "Sorkhe Tirah" (Vermelho Escuro), de Diana Saqeb (Afeganistão).

(Locarno Film Festival)

Os festivais de cinema tradicionalmente trazem obras de todo o mundo para um local específico, mas o Festival de Locarno está experimentando o contrário, expandindo-se para o mundo exterior. O festival inicia hoje uma competição de curtas-metragens em streaming, na qual os espectadores podem votar em qualquer lugar do planeta.

Essa é a segunda edição do Locarno Shorts Weeks, que começou de modo experimental no ano passado, atingindo um público muito maior do que o inicialmente esperado - mais de 4.000 espectadores de 92 países acompanharam as postagens diárias em 2019.

A novidade agora é que os espectadores podem votarLink externo, dando notas de 1 a 5 para cada filme, selecionados de diferentes seções do Festival de Locarno de 2018: 'Pardo di domani' (leopardo de amanhã), o programa de curtas-metragens; Open Doors ( dedicado ao sul da Ásia em 2018) e Signs of Life (agora chamado Moving Ahead), para filmes experimentais.

A partir de 1º de fevereiro, o Locarno Shorts Weeks apresentará um novo filme todos os dias, cada um disponível por uma semana na plataforma de streaming, gratuitamente - no total, são 23 filmes de 19 países. Você pode acompanhar o festival aquiLink externo - e ao votar, você concorre a quatro credenciamentos no Festival de Locarno deste ano, em agosto, e a uma estadia de duas noites para duas pessoas no Hotel Villa Castagnola, em Lugano.

Paisagem de sonho com ferrovia

Paisagem de sonho: Smert Menya (A Morte do Padre Men) se utiliza da extensa base de dados do sistema ferroviário russo para investigar as circunstâncias do assassinato do padre, teólogo e escritor ortodoxo russo Alexander Vladimirovich Men em 1990.

(Locarno Film Festival)

À procura de novos talentos

Os curtas-metragens costumam ser o formato em que jovens e aspirantes a diretores fazem seus primeiros trabalhos, mas não se trata necessariamente de trabalhos amadores, muito pelo contrário: nesses primeiros filmes, os autores colocam anos de experiência e reflexão para oferecer o melhor de si - e serem reconhecidos.

Se os curtas, em termos de produção, são uma maneira mais fácil de se apresentar ao mundo do cinema, eles ainda sofrem na distribuição, mesmo na era das plataformas digitais gratuitas. É por isso que as raras iniciativas para promovê-los, como os programas paralelos dedicados a curtas-metragens nos festivais de maior prestígio, ainda são uma oportunidade tão cobiçada por cineastas aspirantes.

O formato, no entanto, não é apenas para iniciantes. Muitos dos maiores autores do cinema, como Jean-Luc Godard (“Khan Khanne”Link externo, “Une Catastrophe”Link externo), Claire Dennis (“Contact”Link externo, “Voilà l’enchaînement”Link externo) e David Lynch (“What did Jack do?”Link externo; “Ant Head”Link externo), às vezes também brincam com trabalhos mais curtos, fora dos padrões da indústria, para desenvolver narrativas mais radicais, idéias experimentais ou caprichos pessoais. Dois dos melhores filmes do diretor americano Jim Jarmusch, por exemplo, foram feitos primeiro como curtas antes de se tornarem filmes aclamados - "Stranger than Paradise" e "Coffee and Cigarettes".

Soldado ferido andando em uma praia

The Glorious Acceptance Speech of Nicolas Chauvin (O glorioso discurso de aceitação de Nicolas Chauvin): um flashback inglório da vida do herói apócrifo que emprestou seu nome ao termo "chauvinismo".

(Locarno Film Festival)

Locarno é certamente o festival suíço de cinema mais importante - e também um dos mais antigos, e encontra-se entre os principais europeus, como Cannes, Berlim e Veneza. E seu investimento na promoção de jovens talentos reforçou sua posição como um espaço privilegiado, não apenas para autores aspirantes, mas também para críticos, produtores, designers e todos os outros campos relacionados à indústria cinematográfica.

A Locarno AcademyLink externo, que compreende a Academia da Crítica (da qual a swissinfo.ch é parceira de mídiaLink externo), a Academia de cineastas e a Academia da indústria, além do recém-criado BasecampLink externo, entra agora em seu 12º ano consecutivo, atraindo jovens talentos da Suíça e do exterior, alguns dos quais já tiveram a chance de retornar a Locarno como profissionais plenos.

Locarno Shorts: o programa (data/título/país/língua - todos os filmes vêm com legendas)

Fev.01 LOS QUE DESEAN Suíça/Espanha, espanhol

Fev.02 A ROOM WITH A COCONUT VIEW Tailândia, tailandês

Fev.03 JE SORS ACHETER DES CIGARETTES França, francês

Fev.04 THE LAST POST OFFICE Bangladesh, bengali

Fev.05 SASHLELI (Eraser) Geórgia, georgiano

Fev.06 TOURNEUR Alemanha, sem diálogos

Fev.07 LA CARTOGRAPHE Canadá, inglês/francês

Fev.08 HEART OF HUNGER Holanda, inglês/alemão

Fev.09 RENEEPOPTOSIS EUA, inglês

Fev.10 TRADITION Sri Lanka, singalês

Fev.11 ICI LE CHEMIN DES ÂNES Suíça, francês

Fev.12 A COLD SUMMER NIGHT Índia, konkani/marathi

Fev.13 VESLEMØY'S SONG Canadá, inglês

Fev.14 THE SILENCE OF THE DYING FISH Grécia, grego

Fev.15 LA MÁXIMA LONGITUD DE UN PUENTE Colômbia/Argentina, espanhol

Fev.16 SORKHE TIRAH (Vermelho escuro) Afeganistão, persa/dari

Fev.17 LE DISCOURS D'ACCEPTATION GLORIEUX DE NICOLAS CHAUVIN França, francês

Fev.18 SMERT MENYA (A Morte do Padre Men) Rússia, sem diálogos

Fev.19 KAUKAZAS Lituânia, lituano

Fev.20 CIRCUIT Suíça, sem diálogos

Fev.21 DIA Paquistão/Reino Unido, urdu/inglês

Fev.22 OUT Israel, hebraico/árabe

Fev.23 D'UN CHÂTEAU L'AUTRE Bélgica, francês

 

Aqui termina o infobox


Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.