Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

#swisshistorypics Auguste Vautier-Dufour, inventor do Telephot

No final dos anos 1800, o fotógrafo suíço Auguste Vautier-Dufour se viu frente a um problema: como tirar fotografias de longa distância sem uma câmera muito pesada? Uma série de experiências conduziram à invenção do chamado "Telephot".

Vautier-Dufour nasceu em Grandson, cantão de Vaud, em 1864. Não era um fotógrafo profissional, mas sim diretor de uma fábrica de tabaco. Porém sua paixão era a astrofotografia e fotografar objetos de uma grande distância e paisagens montanhosas.

Vautier-Dufour era um amador. Ele queria fotografar objetos de longe usando um aparelho compacto equipado com uma grande profundidade focal. Tecnicamente parecia ser uma contradição.

Na década de 1890 começou a fazer várias experiências como autodidata. Emile Schaer, vice astrônomo do Observatório de Genebra lhe deu apoio técnico, dentre outros orientando na montagem do equipamento e dando-lhe sugestões de como utilizar as lentes de longa distância.

Dos testes surgiu então o Telephot. Era uma engenhoca original: dois espelhos montados internamente ampliavam a distância que a luz tem de percorrer, aumentando em três vezes o alcance da câmera três vezes

O aparelho foi patenteado em 14 de março de 1901. Como Vautier-Dufour não tinha capital suficiente para comercializar sua invenção, ele e fotógrafo Frederic Boissonnas fundaram a Vega (Fotografia Anônima e Companhia Ótica) em 1904. A sua sede era em Genebra. Várias versões do Telephot foram produzidos e vendidos no país.