Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Monografia A arquitetura mística de Peter Zumthor

Suas obras se distinguem por uma sóbria funcionalidade e um profundo respeito pelo entorno. A escolha dos materiais assim como a qualidade e a atmosfera dos espaços são muito importantes para o arquiteto suíço.

Peter Zumthor goza de um grande prestígio dentro e fora da Suíça pelo esmero na hora de decidir um projeto. Entre suas obras mais conhecidas estão o Museu de Arte de Bregenz (Áustria), o Museu de Colônia (Alemanha), o pavilhão da Serpentine Gallery de Londres e o pavilhão da Suíça na Expo 2000 de Hannorver (Alemanha). Sua obra mais notória na Suíça são as Termas de Vals.

Zumthor acaba de publicar uma monografia em cinco volumes que cobre sua obra arquitetônica de 1985 a 2013. Até agora concluiu 52 projetos e 17 estão em construção. A publicação, de 856 páginas, inclui 750 fotos, planos, croquis, desenhos e aquarelas. Os textos também são do arquiteto suíço. O editor é Thomas Durisch, que trabalhou no escritório de Zumthor entre 1990 e 1994.

(Texto: Isobel Leybold, swissinfo.ch, fotos: Keystone, ask images)