Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Suíços querem ir embora

Os suíços preferem a Austália pelo sol e pelos grandes espaços

(Keystone Archive)

Quase metade da população suíça já pensou em emigrar. Os homens têm mais vontade de mudar do país do que as mulheres e o países dos sonhos para os suíços é a Austrália. É o resultado de pesquisa feita para swissinfo/Rádio Suíça Internacional.

10% dos suíços já vivem no exterior e 45% dos que estão no país já pensaram em arrumar as malas definitivamente. Os suíços sempre emigraram mas as causas mudaram. Hoje ninguém mais morre de fome ou de epidemias como nos séculos 18 e 19, época de emigrações em massa inclusive para a América Latina.

Pesquisa representativa

Hoje os suíços querem ir embora porque querem encontrar outra mentalidade (27%), encontrar uma qualidade de vida melhor (21%,) e um clima melhor e com melhores perspectivas profissionais (18%).

O resultado é da pesquisa encomendada por swissinfo/Rádio Suíça Internacional e realizada pelo instituto especializado Link, em janeiro. Foram questionadas 2.359 pessoas representativas de toda a população suíça.

As pessoas econômicamente ativas com nível superior e bons salários são as primeiras que querem emigrar (48%). Entre os ativos com pouca qualificação e os aposentados 38% desejam partir.

Internet incita a partir

A Internet também está virando a cabeça dos suíços. 54% dos que estão conectados pretendem emigrar enquanto 65% dos que não têm internet pretendem permanecer no país.

Mais da metade (46%) dos suíços de língua alemã querem partir. Os insatisfeitos de língua francesa são 44% e os de língua italiana são 39%.

Se é para ir embora, melhor para longe, para outro continente. O país preferido é a Austrália (14%), seguido pelos Estados Unidos (11%) e pelo Canadá (10%). A Europa interessa menos. 8% iriam para a Itália, 8% para a Espanha e 7% para a França.

swissinfo


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×