Navigation

Skiplink navigation

Hotelaria suíça precisa ser mais simpática

Em termos de simpatia e disponibilidade, um portal de viagens classificou a Suíça em quarto lugar, depois da Áustria, Itália e Alemanha. Quando se trata de hospitalidade, a Suíça ainda tem o que melhorar. (SRF, swissinfo.ch)

Este conteúdo foi publicado em 16. agosto 2016 - 11:00

A última análise do Instituto Econômico Suíço KOF, em Zurique, prevê um aumento das diárias neste verão de 1,4% em relação a 2015, com 1,3% a mais de hóspedes suíços e 1,5% a mais de visitantes estrangeiros.

Apesar das projeções positivas diante à valorização do franco, uma avaliação realizada pelo portal HolidayCheck mostra que a Suíça não está indo tão bem quando se trata de simpatia na hora de receber seus hóspedes.

Na avaliação, a Suíça ficou em quarto lugar, atrás da Áustria, Itália e Alemanha. Georg Ziegler, responsável pelas avaliações do portal, acha que a tradicional educação dos suíços é mal interpretada como indiferença.

Por outro lado, o presidente da Associação Hoteleira Suíça, Andreas Züllig, correlaciona os comentários ruins com uma parcela maior de hóspedes nacionais e os preços geralmente mais altos - o que pode contribuir para os clientes ficarem mais críticos.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo