Navigation

Skiplink navigation

Nunca nasceram tantos bebês de proveta como hoje

O índice de procura pela fertilização in vitro está aumentando, mesmo que não haja qualquer garantia de sucesso Keystone

Os nascimentos de bebês gerados por fertilização in vitro (FIV) atingiram um novo recorde na Suíça, com mais de 2.000 crianças concebidas por este procedimento em 2016.

Este conteúdo foi publicado em 28. março 2018 - 11:59
SDA-ATS

Um número recorde de casais suíços teve um(a) filho(a) usando com sucesso a fertilização in vitro, de acordo com os últimos dados publicados pelo Departamento Federal de Estatísticas (FSO) na terça-feira. A FSO diz que 2.162 bebês concebidos com a ajuda da fertilização in vitro nasceram em 2016, em comparação com 2.020 em 2015 (aumento de 7%).

Observa-se também um aumento na taxa de sucesso em termos de gravidez. O número de casais submetidos ao tratamento de fertilização in vitro foi de 6.049. Embora este número seja praticamente o mesmo de 2015, a proporção de mulheres que engravidaram com sucesso após o procedimento aumentou pelo quarto ano consecutivo, para 41,5%.

A taxa de nascimentos múltiplos (gêmeos) após o tratamento de fertilização in vitro foi de 16%, de acordo com a FSO.

Em termos de demanda por fertilização in vitro, os números mostram que a reprodução assistida na Suíça mais que dobrou entre 2002 e 2010, antes de se estabilizar nos últimos anos.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo