Navigation

Agência reguladora da concorrência investiga Mastercard

A disputa gira em torno de uma tentativa suíça de uniformizar as funções dos caixas eletrônicos de diferentes fornecedores. © Keystone / Alexandra Wey

A agência suspeita a empresa mundial de cartões de crédito de usar sua posição para impedir a implantação de um novo sistema de caixa eletrônico mais uniforme em toda a Suíça.

Este conteúdo foi publicado em 16. fevereiro 2021 - 17:15
swissinfo.ch/fh

A COMCO disse na terça-feira passada, 8 de fevereiro, que havia aberto um inquérito após uma queixa da empresa suíça de infraestrutura financeira SIX, responsável pelo desenvolvimento do chamado "National Cash Scheme" (NCS).

SIX disse que a Mastercard havia se recusado a introduzir uma função de "co-badging" em seus cartões de débito para permitir a implantação do NCS - um sistema que visa uniformizar as funções disponíveis nos caixas automáticos operados por diferentes bancos.

Tais funções dariam aos clientes a possibilidade de fazer coisas como depositar dinheiro ou verificar seu saldo em caixas automáticos de outros bancos.

Enquanto as investigações estão em andamento, a COMCO disse ter tomado medidas provisórias, pedindo à Mastercard que ofereça aos bancos a possibilidade de emitir cartões que poderão integrar o sistema NCS em uma data posterior.

Contatada pela agência de notícias Keystone-SDA, a Mastercard disse nesta terça-feira que havia tomado nota da decisão da COMCO, e que acolheria de bom grado uma investigação clara sobre o setor de caixas eletrônicos no país.

No entanto, a empresa acrescentou que as medidas provisórias eram injustificadas e que as contestaria perante o Tribunal Administrativo Federal.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.