Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Grandes negócios O caso de amor da Suíça com as multinacionais

A Suíça é o lar de algumas das maiores empresas mundiais. O pequeno país alpino tem uma das maiores concentrações no mundo de empresas da “Fortune 500” - quase duas para cada milhão de pessoas.

Businessman in Zurch

Cerca de uma em cada quatro pessoas empregadas na Suíça trabalha para uma empresa multinacional

(Keystone)

Impostos baixos, mão de obra qualificada e estabilidade econômica ajudaram a Suíça a atrair e construir algumas das maiores empresas multinacionais. Mas qual é o seu valor econômico e o que elas devolvem à sociedade?

As multinacionais são apenas 5% de todas as empresas...

Os melhores dados disponíveis indicam que há aproximadamente 25.500 multinacionais estrangeiras e suíças na Suíça, o que representa cerca de 5% das mais de 580.000 empresas registradas.

Estima-se que 14.000 delas são suíças com participações majoritárias no exterior, de acordo com uma fonte do Banco Central da Suíça. As 11.500 restantes são subsidiárias de empresas estrangeiras. A grande maioria é da Alemanha, dos EUA e da França, e cerca de 20% são unidades administrativas ou empresas-fantasmas sem empregados.

mas elas criam pelo menos 25-30% dos empregos...

Multinacionais de todos os tamanhos são responsáveis pelo emprego direto de aproximadamente 1,3 milhão de pessoas - ou cerca de um em cada quatro empregos no país. No entanto, a maioria dos funcionários em muitas das maiores empresas da Suíça está localizada fora do país.

Destes, o Banco Central da Suíça informa que as multinacionais suíças empregam diretamente cerca de 850.000 pessoas e subsidiárias estrangeiras compõem o restante, empregando cerca de 470.000 pessoas, ou cerca de 10% do emprego na economia de mercado. A região de Zurique é a que se beneficia mais, com 27% dos empregos em subsidiárias estrangeiras.

As multinacionais também têm um efeito multiplicador significativo no emprego e no empreendedorismo. Como exemplo, para cada trabalho criado na indústria farmacêutica, são criados 3,2 empregos equivalentes em tempo integral adicionais em empresas de outros setores. Com 43.000 empregos na indústria farmacêutica na Suíça, isso equivale a outros 138.000 empregos.

largest companies by employees

largest companies by employees

…e são os principais motores da economia

Várias fontesLink externo indicam que as multinacionais geram cerca de um terço do produto interno bruto (PIB) do país e receita tributária. Além disso, os funcionários das multinacionais pagam uma grande parte do imposto de renda.

A posição da Suíça como um dos países mais inovadores também se deve, em parte, aos investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D) de empresas multinacionais. As multinacionais são responsáveis por 75% do investimento em P&D na região do Lago de Genebra e um recente estudo da Ernst & Young descobriu que 11 dos 500 maiores investidores em P&D do mundo são multinacionais suíças, com a Roche, Novartis e Nestlé entre as 100 primeiras. Em 2017, as multinacionais suíças investiram um total de € 23 bilhões (CHF36 bilhões) em pesquisa e desenvolvimento.

Largest companies by revenue

Largest companies by revenue

enquanto influencia a paisagem social e cultural

As empresas multinacionais também têm um impacto significativo na qualidade de vida, reputação e tecido social e cultural da Suíça. Além de suas doações de caridade para organizações comunitárias, as multinacionais fizeram investimentos importantes em infraestrutura local, universidades e programas de treinamento vocacional.

Mas a história nem sempre é positiva. Embora essas empresas tenham ajudado a manter os salários entre os mais altos do mundo, isso também contribuiu para o alto custo de vida. Um fluxo de imigrantes qualificados dos países da União Europeia manteve a demanda por acomodação, fazendo com que os preços dos apartamentos em Zurique subissem 55% entre 2007 e 2016, enquanto a taxa de vagas para moradias caiu para menos de 1%.

Um voto de 2014 para restringir os trabalhadores estrangeiros e o apoio da iniciativa empresarial responsável são sinais de que o público está cada vez mais consciente dos riscos que as empresas multinacionais podem apresentar para a imagem da Suíça e para a proteção do emprego local.


O que é uma empresa multinacional?

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho, uma empresa multinacional detém ou controla a produção, distribuição, serviços ou outras instalações fora do país em que está baseada. Pode ser uma empresa pública ou privada e geralmente é composta por uma empresa controladora ou grupo em um país com subsidiárias ou filiais em um ou mais países.

De acordo com a Eurostat e o Departamento Federal Suíço de Estatísticas, uma empresa tem controle sobre outra quando detém participações majoritárias em outra empresa (mais de 50% dos direitos de voto) ou quando tem poder para determinar as políticas da empresa.

Existem duas categorias de multinacionais na Suíça:

Multinacionais estrangeiras: Empresas (normalmente, subsidiárias, filiais ou centros de pesquisa) que são de propriedade ou controladas por uma empresa ou grupo com sede fora da Suíça. O Departamento Federal de Estatísticas mantém uma lista de subsidiárias estrangeiras na Suíça. Exemplos incluem Google, Procter & Gamble, L'Oréal, BMW e Caterpillar.

Multinacionais suíças: Empresas que controlam ou possuem empresas fora da Suíça, mas cujo beneficiário é suíço. De acordo com a legislação suíça, isso significa que uma pessoa suíça controla a pessoa jurídica na medida em que direta ou indiretamente, sozinha ou em conjunto com terceiros, detém pelo menos 25% do capital ou dos direitos de voto na entidade legal ou a controla. Isso inclui grandes empresas como Glencore, Novartis, Roche e Nestlé, além de empresas menores como a Doodle.

À medida que mais empresas estabelecem a sede em várias regiões ou são adquiridas por empresas estrangeiras, pode ser mais difícil classificar as empresas. Por exemplo, enquanto empresas como Syngenta, Swissport e Sigg foram estabelecidas na Suíça, elas são agora propriedade de empresas chinesas.

​​

Aqui termina o infobox


Adaptação: Fernando Hirschy, swissinfo.ch

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.