Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Suíça-Brasil Suíços vão administrar sozinhos o aeroporto de Florianópolis

O aeroporto de Zurique ganhou a concessão para administra o aeroporto internacional Hercílio Luz até 2047. O contrato será assinado em julho.

O aeroporto de Zurique, ao anoitecer.

(Keystone)

Com 3,6 milhões de passageiros e faturamento de 26 milhões de francos suíços em 2006, o aeroporto de Florianópolis teve um crescimento do número de passageiros de 9,7% ao ano, durante os seis anos que antecederam a recessão. Os dados são de um comunicado à imprensa que o Flughafen Zürich AG divulgou para anunciar que venceu a concorrência para explorar o aeroporto de Florianópolis até 2047.

O aeroporto de Zurique detém 25% do capital de exploração do aeroporto de Belo Horizonte há quatro anos. 

Privatizações Empresa suíça administrará aeroporto no Brasil

Um dos maiores aeroportos do Brasil, localizado no estado de Minas Gerais, será administrado a partir do ano que vem pela empresa suíça Flughafen ...

Com o Hercílio Luz terá 100% do capital. O comunicado divulgado na Suíça não cita custos, mas a Folha de São Paulo, citando o diretor-executivo da Flughafen Zürich AG, diz que empresa suíça pagará R$ 241 milhões ao governo brasileiro.

A empresa suíça pretende expandir as instalações do Hercílio Luz para atingir seu potencial máximo, “utilizando as melhores práticas utilizadas na Suíça, preservando os valores locais brasileiros”, afirma o comunicado.

O aeroporto de Florianópolis serve uma população local de 1,1 milhão de habitantes, além de turistas nacionais e estrangeiros. A Flughafen Zürich AG vê um grande potencial de crescimento do tráfego aéreo em Florianópolis.

Além de Belo Horizonte e futuramente em Florianópolis, a empresa suíça administra os aeroportos de Bogotá, Curaçao e dois aeroportos no Chile.



Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Longform The citizens' meeting

Teaser Longform The citizens' meeting

advent calendar

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.