Perspectivas suíças em 10 idiomas

Sindicato suíço diz que aumento da idade da aposentadoria é inevitável

An employee of Swiss machine tool producer Tornos in Moutier, canton Bern
Um funcionário que trabalha para o fabricante suíço de máquinas-ferramenta Tornos, em Moutier, cantão de Berna © Keystone / Gaetan Bally

O presidente do Employees Switzerland, um sindicato que representa trabalhadores de algumas das principais empresas de exportação da Suíça, diz que aumentar a idade da aposentadoria na Suíça é inevitável, já que a previdência social do país continua enfrentando grandes pressões financeiras.

“Precisamos repensar a idade da aposentadoria”, disse Stefan Studer, presidente do sindicato Employees SwitzerlandLink externo, ao jornal NZZ am Sonntag. “Precisamos de uma idade de aposentadoria mais flexível, já que devemos repassar às gerações futuras um sistema de seguro de velhice e sobreviventes (AHV/AVS) que esteja em boas condições”.

A atual idade de aposentadoria na Suíça é de 65 anos para homens e 64 anos para mulheres. Mas atualmente seis em cada dez pessoas param de trabalhar antecipadamente.

Na entrevista concedida ao jornal, o líder sindical de 58 anos alertou que o primeiro pilar do sistema de aposentadoria do país estava em estado crítico. Ele disse que, mesmo que o sistema previdenciário receba 2 bilhões de francos prometidos se a iniciativa de reforma tributária/previdenciária passar em 19 de maio, as autoridades federais ainda preveem um déficit acumulado de 180 bilhões de francos suíços até 2045, se outras reformas não forem empreendidas.

Antigas formas de pensar devem ser abandonadas para garantir uma reestruturação sustentável, disse Studer.

“Se os funcionários são valorizados, muitos estão dispostos a trabalhar por mais tempo, possivelmente com uma carga de trabalho menor”, disse. “A maioria das pessoas gosta de seus empregos e trabalha em uma profissão que dá sentido às suas vidas”.

Mas ele acrescentou que certas profissões fisicamente exigentes, como a indústria da construção, não permitem que as pessoas trabalhem até os 65 anos. Consequentemente, é importante oferecer uma idade de aposentadoria mais flexível, disse Studer.

O sindicato Employees Switzerland representa 60 associações de funcionários em algumas das principais empresas de exportação da Suíça – engenharia, indústrias elétricas e metalúrgicas, produtos químicos e farmacêuticos. A organização tem mais de 16.000 membros.


gráfico
Kai Reusser / swissinfo.ch

swissinfo.ch/fh

Preferidos do leitor

Os mais discutidos

Notícias

aeroporto

Mostrar mais

Aeroporto de Genebra cobrará taxa de atraso em 2025

Este conteúdo foi publicado em O Aeroporto de Genebra pretende lançar um sistema de cotas de poluição sonora no próximo ano. Os voos que partirem após as 22h terão que pagar uma taxa.

ler mais Aeroporto de Genebra cobrará taxa de atraso em 2025
imagem

Mostrar mais

Suíços não se preocupam em perder empregos para a IA

Este conteúdo foi publicado em A inteligência artificial (IA) está influenciando a vida profissional cotidiana. Na Suíça, muitas pessoas já têm experiência com IA, inclusive em seus empregos.

ler mais Suíços não se preocupam em perder empregos para a IA

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR