Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Esportes de inverno Canhões de neve contra as mudanças climáticas

As mudanças climáticas escasseiam a neve nos Alpes. As estações de esqui reagem através da produção intensiva de neve artificial. As fotos de Marvin Zilm documentam como as pesadas tratores e outras máquinas de construção, junto com os canhões de neve, transformam a paisagem alpina em Zermatt.

Há trinta anos as estações de esqui começaram a utilizar os canhões para cobrir as pistas de neve, em parte com sucesso. Se a técnica permite manter a região atraente para o turismo, os defensores do meio ambiente criticam a sua utilização.

As mudanças climáticas se intensificam e umas das consequências é o derretimento das geleiras. A falta de neve levou países como a Áustria e a Itália a utilizar os canhões de neve, uma tendência acompanhada logo depois pela Suíça. Especialistas calculam que mais de 19 mil canhões de neve são utilizados na região dos Alpes.

As máquinas têm uma desvantagem óbvia: elas só funcionam sob temperaturas abaixo de zero. Porém o desenvolvimento não para. Em 2008, Zermatt passou a utilizar um canhão de neve mais moderno, capaz de produzir a massa branca a temperaturas de até 30 graus.

Ela foi fabricada em Israel, tem 11 metros de altura e pesa 30 toneladas. Originalmente foi produzida em Israel para o emprego em minas de diamantes na África do Sul. Ela refrigera as galerias e tem como subproduto a neve.

As imagens do fotógrafo suíço Marvin Zilm mostram como os canhões trabalham.

(Fotos: Marvin Zilm/13 Photo, Texto: Andreas Keiser/swissinfo.ch)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.