Navigation

"É tão bom ficar no hospital!"

Músicas, jogos, adivinhações, truques de mágica: é com estas ferramentas e muito humor que a “Doutora Didu” tenta, toda semana, fazer esquecer a doença de dezenas de crianças hospitalizadas. swissinfo.ch acompanhou o trabalho dela no Hospital de Pourtalès, em Neuchâtel, na região oeste da Suíça.

Este conteúdo foi publicado em 10. abril 2013 - 16:55

Desde a criação da Fundação Theodora, 20 anos atrás, seus palhaços já visitaram quase 1 milhão de crianças em hospitais suíços. "Você não pode fazê-las sempre rir, mas conseguimos quase sempre fazê-las sonhar. E, às vezes, quando saímos, elas continuam com essas fantasias com seus pais e enfermeiras", conta a “Doutora Didu”, que emprega desde 1999 seus talentos de palhaça em três hospitais da região oeste da Suíça.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?