Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Nestlé inaugura sua 31ª fábrica no Brasil

A nova fábrica em Três Rios, estado do Rio de Janeiro.

(Marie Hippenmeyer/Nestlé Brasil)

Empresa de origem suíça mais reconhecida pelos brasileiros, a Nestlé inaugurou no dia 18 de novembro sua 31ª fábrica no Brasil. Localizada em Três Rios, no Rio de Janeiro, a nova unidade fabril terá como foco a produção de leites líquidos e de bebidas à base de soja.

A Nestlé aposta nesse nicho de mercado, em franca expansão, por isso a nova fábrica recebeu, segundo a direção da empresa, investimentos de R$ 163 milhões.

Às margens da BR 040 e estrategicamente situada em relação às principais vias de acesso aos mercados consumidores de Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo e Minas Gerais, a nova fábrica da Nestlé ocupa uma área de 20 mil metros quadrados. Sua capacidade total de produção instalada é de 124 mil toneladas de produto por ano, o equivalente a recepção de um milhão de litros de leite por dia.

“Vamos começar com 200 mil litros e já contamos com 400 produtores na região. Esperamos chegar rapidamente a um milhão de litros, essa é nossa meta. Já iniciamos a produção da linha Sollys e dos leites Ninho e Molico líquidos e vamos iniciar em março a produção do Nescau líquido. A produção dessa fábrica abastecerá também os estados de Espírito Santo e Minas Gerais, além de parte de São Paulo. Ou seja, nós queremos e necessitamos de leite e mais leite”, disse o presidente da Nestlé Brasil, Ivan Zurita.

Expectativa

A expectativa é que a entrada em operação da nova fábrica da Nestlé fortaleça a bacia leiteira no Rio de Janeiro. Segundo Zurita, mil novos postos de trabalho diretos e indiretos serão gerados. Presente à inauguração, o governador do Rio, Sérgio Cabral, saudou o empreendimento: “É preciso ter a dimensão do que está acontecendo aqui hoje. Dos empregos que serão gerados, a grande maioria para os moradores de Três Rios e redondezas, da geração de riqueza e renda e, acima de tudo, da agregação de valor com a marca Nestlé”, disse.

Cabral afirmou que a nova unidade da Nestlé no Rio só foi possível porque o Estado lançou um novo pacote tributário para o setor leiteiro: “Precisávamos sair do impasse, pois a invasão dos produtos de fora era gigantesca no Rio. Nós consumimos por ano cerca de 3,3 bilhões de litros de leite, e produzimos apenas 600 milhões de litros. Esse pacote foi fundamental e outras empresas do setor virão, mas a Nestlé é a Nestlé. Essa fábrica é o estado da arte, é uma referência”, disse o governador.

Zurita lembrou que no Rio de Janeiro foi criado em 1921 o primeiro escritório de vendas de produtos importados da Nestlé: “Foi no Rio que nós realmente começamos, e hoje, em um momento onde o mundo passa por turbulências, estamos aqui inaugurando uma nova fábrica. Isso é um privilégio muito grande. A Nestlé no Brasil terá este ano um faturamento de R$ 20,6 bilhões, e a principal fatia desse montante é produzida no Rio de Janeiro”, disse o presidente da empresa, citando as unidades da cidade de Petrópolis (que produz a água do mesmo nome) e do bairro de Jacarepaguá, na capital, onde são produzidos 96 milhões de litros de sorvete por ano.

Sérgio Cabral afirmou que “saber que o Rio passou a ser o maior mercado da Nestlé no Brasil é algo muito significativo” e que a volta dos investimentos da empresa ao Estado “serve como referência e aumenta a credibilidade para a captação de novos negócios para a região”. O prefeito de Três Rios, Vinícius Farah, também saudou a chegada da Nestlé à cidade: “Para nós, é uma honra receber a maior empresa mundial do setor de alimentos, que construiu aqui uma de suas fábricas mais modernas”, disse.

Capacitação

Em parceria com o Governo do Estado, a Prefeitura de Três Rios e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a Nestlé fez um mapeamento dos produtores locais com o objetivo de realizar projetos para a melhoria da produtividade e da qualidade do leite produzido, além de assegurar a sustentabilidade da atividade leiteira na região. Profissionais da empresa estão dando assistência técnica aos pequenos produtores, além de orientações sobre as melhores práticas de produção. A Nestlé espera com isso aumentar a competitividade e a rentabilidade de toda a cadeia produtiva.

“O resultado disso será uma melhor qualidade de vida no meio rural. Para a Nestlé, só têm sentido projetos que agreguem valor à sociedade. Obviamente que o lucro é importante, mas mais importante é o crescimento da sociedade. A Nestlé tem toda uma infraestrutura para levar à mesa do consumidor brasileiro produtos de qualidade. Mas, o sabor principal de nossa atividade é o sabor do crescimento, da geração de empregos, da geração de impostos e de uma qualidade de vida melhor para todos”, disse Ivan Zurita.

O presidente da empresa afirmou que o Brasil, segundo maior mercado consumidor de produtos Nestlé em todo o mundo, é uma prioridade para o grupo de origem suíça: “Duzentas e vinte mil famílias participam do nosso processo produtivo no Brasil e nós contamos com 44 mil fornecedores no país. A Nestlé é um dos principais clientes da agroindústria no Brasil. Nós compramos 2,2 bilhões de litros de leite por ano, adquirimos 14 milhões de toneladas de grãos e 460 mil toneladas de açúcar. Isso mostra o potencial e as oportunidades que aqui estão. Estamos vivendo um momento pleno”.

Ritmo acelerado

A nova fábrica da Nestlé no Brasil foi construída em tempo recorde. Iniciada em abril, a obra foi tocada 24 horas por dia e contou com o trabalho de cerca de 400 operários que se dividiram em três turnos.

 Segundo a empresa, “todo o projeto arquitetônico foi fundamentado em conceitos de sustentabilidade que visam otimizar e racionalizar o uso de energia e de água na unidade”.

A iluminação da área de armazenagem dos produtos é feita por um sistema de captação de luz solar, que dispensa o uso de luz artificial durante o dia.

Além disso, a fábrica conta com um sistema de coleta de água da chuva e com duas estações para tratamento de efluentes (uma para resíduos industriais e outra para esgoto sanitário).

Aqui termina o infobox

swissinfo.ch


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.