Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

O Dalai Lama na Suíça Peregrinação da China até Oerlikon

Milhares de pessoas reuniram-se em Zurique em 14 de outubro para ver o Dalai Lama, autoridade máxima do Budismo Tibetano. Uma delas foi Sonam, um jovem refugiado tibetano.  swissinfo.ch o acompanhou durante esse dia especial em companhia de “Sua Santidade”.

Sonam fugiu do Tibete, mais precisamente do exército chinês, faz três anos. Cruzou as montanhas do Himalaia no Nepal antes de chegar à Europa, através da Tailândia e um país do Golfo Pérsico cujo nome desconhece. Hoje Sonam vive em uma pequena cidade do cantão suíço de Argóvia, depois que as autoridades suíças lhe deram o estatuto de refugiado em 2015

Em 14 de outubro de 2016, o Dalai Lama, 81 anos, dispensou a sabedoria budista em um estádio, Hallenstadion de Oerlikon, perto de Zurique. Sonam, 23 anos, superou sua timidez e caminhou na multidão para ter um momento de contato visual com o Dalai Lama. Foi “um dos dias mais felizes” da vida de Sonam. Para ele, o ensino mais valioso do Budismo não é somente crer e ter fé, mas “trabalhar sobre si mesmo todos os dias para tornar-se uma pessoa melhor”.

O jovem tem aulas de alemão e espera estudar e ser enfermeiro. Também deseja voltar ao Tibete algum dia. 

Fotos: Thomas Kern; Texto: Luigi Jorio

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.