Navigation

Associação de professores exige testes de Covid em todas as escolas do país

A máscara já é parte do uniforme dos alunos. © Keystone / Gaetan Bally

A Associação Suíça de Professores exige que os testes do coronavírus sejam estendidos às escolas em todo o país.

Este conteúdo foi publicado em 05. fevereiro 2021 - 14:12
Keystone-SDA/ts

O governo federal rejeitou a ideia, dizendo que os cantões têm soberania sobre a educação. Os cantões de Basileia-Campo, Zug e Grisões já disseram que pretendem iniciar testes de coronavírus em massa nas escolas.

"A pandemia afeta toda a Suíça e as escolas em todo o país devem ser fechadas", disse Dagmar Rösler, presidente da associação de professores, à rádio pública suíça, SRF, na quinta-feira. "Portanto, testes de massa em todo o país e coordenação nacional também fariam sentido".

A associação de professores está preocupada há algum tempo com infecções nas escolas, disse ela, acrescentando que se o ensino em sala de aula deve ser mantido, medidas adicionais de prevenção e proteção precisam ser tomadas.

Planos cantonais

No cantão de Zug, alunos e professores das escolas de ensino médio e bacharelado terão que se submeter a um teste de saliva duas vezes por semana a partir de 22 de fevereiro. Se estes testes em larga escala forem eficazes, a operação poderá ser estendida às escolas profissionalizantes.

O cantão de Basileia-Campo planeja testar 50.000 pessoas por semana até julho em escolas, empresas, hospitais e na administração cantonal. O objetivo é detectar o maior número possível de pessoas infectadas, mas que estão assintomáticas.

Até agora, somente o cantão dos Grisões realizou testes em larga escala. Estes têm sido realizados de forma voluntária, notadamente em algumas escolas. O cantão anunciou na quinta-feira que estenderia este programa a partir de março, realizando testes de saliva em escolas em nível regional, novamente numa base voluntária.


Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.