Perspectivas suíças em 10 idiomas

Imigração para a Suíça diminui

A welcome sign
Um cartaz de boas-vindas no serviço de integração de Chur, no leste da Suíça Keystone

No primeiro semestre de 2019, menos pessoas da União Europeia e dos países da EFTA, bem como de países terceiros, se mudaram para a Suíça do que há um ano.

Um total de 63.333 pessoas se estabeleceram na Suíça entre janeiro e junho, anunciou a Secretaria de Estado para Migração (SEM) na terça-feira (23). Isto é 1,8% menos do que no mesmo período do ano passado. Enquanto 44.321 pessoas imigraram de países da UE/EFTA, um decréscimo de 1,3%, a imigração de países terceiros caiu 2,8% para 19.012. 

Ao mesmo tempo, 35.832 estrangeiros deixaram a Suíça, 3,9% a menos que no mesmo período do ano passado. Considerando as mortes e naturalizações, a migração líquida para a população estrangeira residente foi de 24.672 pessoas no primeiro semestre do ano, uma queda de 0,8%. 

Mais da metade dos imigrantes (33.245 ou 52,5%) veio à Suíça para trabalhar. Em comparação com o ano anterior, houve um aumento nos setores econômicos da indústria e serviços. Por outro lado, a imigração diminuiu para os empregos na agricultura.

Mostrar mais

Mostrar mais

Suíça, terra de imigração europeia

Este conteúdo foi publicado em Mais de 80% da população estrangeira na Suíça vêm de um país europeu. A emigração da Alemanha, Itália e da França para a Suíça tem raízes históricas profundas, como mostra este gráfico da evolução do número total de residentes estrangeiros na Suíça de 1850 aos dias de hoje. No final do século XIX, a construção…

ler mais Suíça, terra de imigração europeia

Menos reagrupamentos familiares 

Para 17.701 pessoas (28%), o reagrupamento familiar foi a razão para se estabelecer na Suíça. Isto é 8,6% menos do que no mesmo período do ano passado. Mais de uma em cada cinco delas era membro da família de um cidadão suíço. 

Dos países da UE/EFTA, 8.499 pessoas – principalmente da Itália, Alemanha, França e Portugal – se mudaram para a Suíça para o reagrupamento familiar. Havia 9.202 pessoas de países terceiros, com o Kosovo no topo da lista, seguido da Macedônia do Norte, Brasil e Índia. 

Na primeira metade do ano, 4.676 estrangeiros deslocaram-se para a Suíça para formação ou aperfeiçoamento profissional. Além disso, 2.383 pessoas receberam uma autorização de residência sem emprego remunerado e 3.064 pessoas do setor de asilo mudaram seu status de residência. 

De acordo com a SEM, no final de junho, cerca de 2,1 milhões de estrangeiros viviam na Suíça. Destes, 323.384 vieram da Itália, 308.532 da Alemanha, 265.501 de Portugal e 137.514 da França. A Suíça tem uma população total de 8,4 milhões de habitantes.


swisinfo.ch/fh

Preferidos do leitor

Os mais discutidos

Notícias

imagem

Mostrar mais

Suíços italianos aceitam melhor a idade

Este conteúdo foi publicado em Envelhecer parece ser muito mais importante para os residentes da Suíça de língua italiana do que no resto do país, revela uma pesquisa.

ler mais Suíços italianos aceitam melhor a idade
imagem

Mostrar mais

Economia suíça recebe impulso da Europa

Este conteúdo foi publicado em De acordo com o Instituto Econômico Suíço KOF, a esperada recuperação da economia suíça logo se tornará realidade.

ler mais Economia suíça recebe impulso da Europa
imagem

Mostrar mais

Explosão em estacionamento causa dois mortos na Suíça

Este conteúdo foi publicado em As explosões, que começaram em um estacionamento subterrâneo, levaram a um grande incêndio e à necessidade de evacuar os residentes de um edifício.

ler mais Explosão em estacionamento causa dois mortos na Suíça
imagem

Mostrar mais

Suíças têm maior probabilidade de ter nível superior

Este conteúdo foi publicado em As mulheres jovens na Suíça têm agora mais probabilidade do que seus colegas homens de ter um diploma de nível superior, de acordo com o Departamento Federal de Estatística.

ler mais Suíças têm maior probabilidade de ter nível superior

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR