Navigation

Skiplink navigation

Suíça mantém liderança no ranking de riqueza global

Com uma população corresponente a menos de 0.1% da população mundial, a Suíça abriga 1.8% das pessoas pertencentes ao 1% mais rico do planeta. Keystone

Apesar de um ligeiro declínio em suas fortunas, os suíços ainda desfrutam da maior riqueza média por adulto, de acordo com o Relatório Global de Riqueza do Credit Suisse de 2018.

Este conteúdo foi publicado em 18. outubro 2018 - 14:43

O relatório, divulgado na quinta-feira, estimou a fortuna média de um adulto suíço em US$ 530.240 (CHF 527.707), em comparação com US$ 537.600 no ano anterior. A nação alpina ainda está no topo, seguida pela Austrália (US$ 411.060) e pelos Estados Unidos (US$ 403.970).

Medida em francos suíços, a riqueza das famílias subiu 39% desde 2000 (129% em dólares, em grande parte devido à valorização do franco suíço em relação ao dólar). Com apenas 0,1% da população mundial, a Suíça responde por 1,8% dos 1% mais ricos do mundo. Mais de 60% dos adultos suíços possuem ativos que valem mais de US$ 100.000. Em termos de indivíduos ricos, 11% dos residentes na Suíça são milionários em dólares, 2.650 se qualificam como indivíduos de patrimônio líquido ultra-alto (mais de US$ 50 milhões) e 980 têm um patrimônio líquido superior a US$ 100 milhões.

swissinfo.ch

O outro lado da moeda 

Os ativos financeiros representam 56% da riqueza bruta na Suíça, mais do que no Reino Unido, mas menos do que em outros países ricos, como o Japão ou os EUA. No entanto, os suíços têm um dos maiores níveis de endividamento absoluto do mundo, com US$ 138.810 por adulto. A Suíça também é líder entre os países mais ricos quando se trata de desigualdade de riqueza.

“Entre os dez países com longas séries de distribuição de riqueza, a Suíça é a única a não ter experimentado nenhuma redução significativa na desigualdade de riqueza em qualquer subperíodo do século passado”, disse o relatório.

Isso tem um efeito se considerarmos a mediana em vez da riqueza média: a Suíça (US$ 183.340) é jogada para o segundo lugar pela Austrália (US$ 191.450).



Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo