Navigation

Suíços ainda podem fazer negócios em Portugal

Charles Kaufmann, Secretário Geral da Câmara de Comércio e Indústria Suíça em Portugal. swissinfo.ch

As grandes empresas suíças já estão presentes há tempos no mercado português. Mas ainda há espaço para as PME suíças, principalmente as de alta tecnologia.

Este conteúdo foi publicado em 10. julho 2003 - 15:57

A constatação é do Secretária Geral da Câmara de Comércio e Indústria Suíça em Portugal, Charles Kaufmann.

As pequenas e médias empresas suíças ainda têm espaço no mercado português, principalmente as que dispõem de alta tecnologia ou produtos inovadores.

Oportunidades nos dois sentidos

As empresas portuguesas também precisam explorar melhor as possibilidades de exportação para a Suíça. A opinião é do Secretário Geral da Câmara de Comércio e Indústria Suíça em Portugal, Charles Kaufmann. De passagem, pela Suíça, ele falou à swissinfo, quinta-feira.

"Não nego que existam problemas como a deslocalização de algumas empresas suíças de Portugal para outros países onde a mão de obra é mais barata", afirmou Kaufmann. "Mas as oportunidades existem nos dois sentidos para suíços e portugueses", acrescentou.

Um dos setores em que Kaufmann vê possibilidades para empresas suíças em Portugal é no setor de nanotecnologia, por exemplo, em que pequenas e médias empresas suíças estão bem avançadas.

O problema, segundo Kaufmann, é que elas não conhecem bem as oportunidades do mercado português. Essas oportunidades existem justamente mas não em todos os setores devido a concorrência de empresas de outros países que podem oferecer uma melhor relação qualidade preço. "A qualidade suíça é indiscutível mas o preço, às vezes, é dissuasivo".

Outra dificuldade é a pequena dimensão do mercado português, já que boa parte das empresas suíças atualmente prefere investir na conquista do mercado asiático, principalmente chinês.

Problemas distintos



Com as exportadores portugueses para a Suíça ocorre o contrário, segundo Kaufmann. O primeiro argumento dos portugueses são os preços baixos mas para o importador suíços os critérios de qualidade, pontualidade de entrega e fidelidade precedem o ítem dos preços.

A Câmara de Comércio e Indústria Suíça em Portugal também tem sido cada vez mais solicitada na intermediação de litígios entre empresas dos dois países, como cobrança de títulos e faturas não saldados.

Cerca de 250 empresas suíças estão presentes no mercado português.

Swissinfo, Claudinê Gonçalves

Breves

- 250 empresas suíças estão presentes no mercado português.

- Algumas se deslocalizam nos últimos anos à procura de mão de obra mais barata.

- Pequenas dimensões do mercado português e crise atual não são favoráveis.

- No entanto, existem possibilidades para PME suíças de alta tecnologia e produtos inovadores.

- Portugal também pode exportar mais para a Suíça

End of insertion

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?