Navigation

Suíça pretende ampliar a mobilidade elétrica

A Suíça pretende ter um em cada sete novos carros movidos a energia elétrica em 2022, segundo um roteiro divulgado na terça-feira.

Este conteúdo foi publicado em 18. dezembro 2018 - 13:59
Os carros elétricos estão ganhando terreno na Suíça Keystone

A ministra dos Transportes, Doris Leuthard, os cantões, as cidades e os principais líderes do setor se uniram em torno dessa visão.

Cerca de 50 associações dos setores automotivo, elétrico, imobiliário e de transporte são signatárias deste roteiro, anunciou o Ministério dos Transportes nesta terça-feira.

A fim de aumentar para 15% a cota de veículos elétricos novos até 2022, o roteiro prevê medidas em três áreas prioritárias: o crescimento do mercado de carros elétricos, a implantação de estações de carregamento, bem como estruturas e incentivos ao uso.

O roteiro será iniciado em 1º de janeiro de 2019.


Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.