Perspectivas suíças em 10 idiomas

Cantões suíços pedem reabertura de restaurantes mais cedo

Restaurant closed
Um restaurante que foi fechado em Genebra. Keystone / Martial Trezzini

Vários cantões pediram que os restaurantes fossem reabertos um mês antes do plano oficial nacional apresentado pelo governo na quarta-feira.

O cantão dos Grisões quer que os restaurantes abram seus terraços a partir de 1º de março. O cantão tem feito muito para combater a pandemia com seu programa piloto de testes em massa, argumentam suas autoridades.

“No final, o governo terá que devolver algum poder de decisão aos cantões”, disse Marco Cavigelli, presidente do governo dos Grisões, em uma reportagemLink externo na televisão pública suíça SRF.

O governo suíço planeja reabrir lojas, museus e instalações esportivas na Suíça a partir de 1º de março como parte de sua estratégia de saída das restrições contra a Covid-19. Os restaurantes serão autorizados a abrir seus terraços ao ar livre a partir de 1º de abril se os índices de infecção, admissão hospitalar e o número de reprodução do vírus permanecerem dentro de certos parâmetros.

Os planos – que seriam aplicáveis em todo o país sem exceção – estão sendo submetidos aos 26 cantões do país antes que o governo tome uma decisão final na próxima semana.

A favor e contra

Entretanto, o cantão de Vaud quer reabrir restaurantes como um todo a partir de meados de março; St Gallen quer terraços abertos a partir de 1º de março.

Mas o Ministro do Interior Alain Berset disse que é contra os cantões decidirem sozinhos. Ele disse que a experiência do último outono mostrou que “grandes diferenças nas medidas entre os cantões levam a uma distorção da concorrência” e ao “turismo corona”, no qual as pessoas passam a fronteira cantonal para tirar proveito de medidas mais relaxadas.

O chefe da conferência dos diretores de saúde cantonais também se opõe a reaberturas antes da hora. “Não queremos abrir comércios agora apenas para fechá-los novamente dentro de algumas semanas, devido ao número de mortes aumentando novamente”, disse Lukas Engelberger.

As autoridades suíças têm estado sob intensa pressão de grupos empresariais para aliviar as restrições contra o coronavírus, enquanto especialistas em saúde têm advertido para não repetir os erros do ano passado quando as medidas foram suspensas muito cedo. 

Na quinta-feira, o país registrou 1.219 novas infecções por coronavírus e 62 mortes, uma tendência diária de queda. Mas as infecções com as novas variantes do vírus estão em alta. Na quinta-feira, o país havia registrado um total de 6.966 casos das novas variantes na Suíça até agora, 1.655 a mais do que na quinta-feira anterior.

Mostrar mais
Teste rápido de Covid-19

Mostrar mais

Boletim: Coronavírus na Suíça

Este conteúdo foi publicado em Acompanhe também a evolução da pandemia no mundo através de uma série de gráficos atualizados semanalmente.

ler mais Boletim: Coronavírus na Suíça

Notícias

Imagem

Mostrar mais

Mercado brasileiro de café atrai Nestlé

Este conteúdo foi publicado em Por meio de sua marca Nescafé, a empresa está focando especialmente nas necessidades e desejos do mercado jovem.

ler mais Mercado brasileiro de café atrai Nestlé
Imagem

Mostrar mais

FIFA abre portas para sair da Suíça

Este conteúdo foi publicado em A entidade máxima do futebol internacional lançou as bases formais para uma saída teórica de sua sede em Zurique.

ler mais FIFA abre portas para sair da Suíça
Imagem

Mostrar mais

Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos

Este conteúdo foi publicado em A Suíça planeja introduzir um banco de dados para os passageiros de voos para coletar e processar dados pessoais em uma tentativa de combater o terrorismo e crimes graves.

ler mais Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR