Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Grandes fortunas Dois brasileiros entre os mais ricos da Suíça

Jorge Lemann e Joseph Y. Safra estão no pódio das 300 maiores fortunas da Suíça em 2016, na classificação da revista de economia “Bilan”.



Jorge Paulo Lemann e a exposa em julho de 2015, nos Estados Unidos.

Jorge Paulo Lemann e a exposa em julho de 2015, nos Estados Unidos.

(Keystone)

Jorge Paulo Lemman, InBev, Ktraft Heinz tem a segunda maior fortuna da Suíça, 27 a 28 bilhões de francos suíços, 1 bilhão a menos do que em 2015, devido a aquisição da cervejaria britânica SABMiller, em setembro (100 bilhões de francos).

Joseph Safra em Mônaco, em novembro de 2002.

(Keystone)

Aos 77 anos e pai de seis filhos, ele prefere dirigir seus negócios das margens do lago de Zurique, segundo a revista. Seus interesses na InBev são defendidos no conselho de administração por seu filho mais velho, Paulo Alberto, 48 anos.

A terceira maior fortuna da Suíça também pertence a um brasileiro, o banqueiro Joseph Y.Safra, com uma fortuna avaliada de 17 a 18 bilhões de francos suíços.

Em 2013, o grupo Safra comprou o banco suíço Sarasin, especialista em gestão de fortunas.

Em 2016, J.Safra Sarasin, comprou as sucursais do Crédit Suisse em Mônaco e Gibraltar. A holding também tem investimentos imobiliários.

O grupo Safra, em 2016, administrava ativos de 202 bilhões de dólares. O filho de Joseph, Jacob, é vice-presidente do grupo. Ambos vivem na Suíça, segundo a revista “Bilan”Link externo.


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

 

swissinfo com agências/cg

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×

Destaque