Navigation

Turistas retornam aos Alpes suíços

As diárias na região alpina aumentaram durante quatro temporadas consecutivas desde o inverno de 2016/17, com as destinações de verão indo melhor que as de inverno. Lucerna liderou um estudo internacional com 145 regiões turísticas.

Este conteúdo foi publicado em 08. fevereiro 2019 - 10:15
Lucerna é o destino turístico mais popular de toda a região alpina Keystone

As diárias na região dos Alpes suíços cresceram 5% em 2017 e 3,3% em 2018, de acordo com o estudo BAK TopindexLink externo (em alemão), realizado pelo instituto de pesquisa BAK Economics.

O Topindex analisa a competitividade do setor de turismo suíço na região alpina, que compreende Suíça, Alemanha, França, Itália, Áustria, Liechtenstein e Eslovênia.

As regiões da Suíça foram duramente atingidas pela crise financeira de 2008 e pela alta do franco suíço de 2015, que levaram os turistas a preferir destinações mais em conta, geralmente na Áustria ou na França.

Os 21 milhões de diárias de 2017 foram o maior nível desde 2011, embora ainda não alcancem o recorde de 23,1 milhões de 2008.

Verão x inverno

Cinco regiões suíças chegaram ao top 15 de verão: Lucerna (1), Interlaken (4), Weggis (9), a região de Jungfrau (12) e o Lago Maggiore e vales circundantes (14).

Já nas destinações de inverno, a Suíça é facilmente trocada pela Áustria; apenas Verbier (10) ficou no top 15.

Kai Reusser / swissinfo.ch

Lucerna também ficou no topo geral do Topindex 2017 graças ao seu turismo de verão, batendo Kleinwalsertal, na Áustria. O único outro destino suíço no top 15 geral foi o nono lugar de Zermatt, graças à alta taxa de reservas e à lucratividade acima da média.

Das 145 destinações selecionadas, 34 estavam na Suíça. Destas, 29 melhoraram seu ranking.

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?