Sensores de odores para combater as pragas

A presença de resíduos de pesticidas nos alimentos é um problema para a saúde humana. Para reduzir o uso desses pesticidas, pesquisadores da Universidade de Neuchâtel estão desenvolvendo um sistema que detecta sinais de alerta emitidos por plantas atacadas por pragas. A detecção rápida de pragas permite o uso mais precoce e, portanto, mais limitado, de pesticidas. (RTS, swissinfo.ch)

Este conteúdo foi publicado em 05. junho 2018 - 14:00

A equipe liderada por Ted Turlings, professor de biologia da Universidade de Neuchâtel, descobriu que, quando atacadas, as plantas emitem uma mistura de moléculas odoríferas específicas do tipo de agressão. Daí a ideia de criar sensores para determinar rapidamente o tipo de agressão.

A maioria (80%) desta pesquisa, em plantas de milho, foi realizada em Neuchâtel. Mas outras instituições acadêmicas também estiveram envolvidas no projeto: a Universidade de Berna, a Universidade do Missouri, a Universidad del Mar no México e o Instituto Max Planck, na Alemanha. O Conselho Europeu de Pesquisa atribuiu uma bolsa de cerca de 2,5 milhões de euros (3 milhões de francos suíços) durante cinco anos.


Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo