Perspectivas suíças em 10 idiomas

ONU pede à Suíça que acolha mais refugiados afegãos

Girl refugee
Uma menina afegã, uma das 41 refugiadas, embarca em um avião na Grécia com destino a Portugal na terça-feira. Keystone / Yannis Kolesidis

O Alto Comissário da ONU para Refugiados (ACNUR) enviou uma carta ao Ministro das Relações Exteriores suíço Ignazio Cassis pedindo à Suíça que aceitasse mais pessoas fugindo do Afeganistão.

Na carta, enviada na quarta-feira, Filippo Grandi pediu ao governo que aceitasse mais refugiados afegãos que se deslocam para os países vizinhos Paquistão e Irã ou mesmo Turquia, disse o ACNUR Suíça na quinta-feira.

Pedidos similares também haviam sido enviados aos países da UE. O objetivo é melhorar a partilha de encargos, de acordo com o ACNUR Suíça. A necessidade de ajuda é muito maior do que a capacidade nos países da primeira recepção, disse.

O Ministério das Relações Exteriores confirmou à Agência Suíça de Notícias Keystone-SDA que tinha recebido uma carta assinada por Grandi “a respeito do Afeganistão”. No entanto, não quis comentar sobre o conteúdo.

Mostrar mais

Cota suíça

Em agosto, a Suíça concordou em acolher cerca de 230 refugiados afegãos, mas hesitou quando solicitada a aumentar esta cota.

“Temos que ser realistas”, disse a Ministra da Justiça Karin Keller-Sutter em 18 de agosto. “Fornecer ajuda no local e assegurar a evacuação de cidadãos suíços e funcionários locais da agência de desenvolvimento suíça têm prioridade para o governo”.

Ela disse que o governo examinaria os pedidos adicionais de asilo caso a caso, e ela não descartou a aprovação de um contingente maior de refugiados em um estágio posterior.

Os 230 refugiados afegãos – funcionários locais da agência de desenvolvimento suíça e suas famílias – fazem parte de um contingente total anual de 800 pessoas vulneráveis de conflitos ao redor do mundo a serem concedidas asilo na Suíça este ano.

Preferidos do leitor

Os mais discutidos

Notícias

imagem

Mostrar mais

Suíças têm maior probabilidade de ter nível superior

Este conteúdo foi publicado em As mulheres jovens na Suíça têm agora mais probabilidade do que seus colegas homens de ter um diploma de nível superior, de acordo com o Departamento Federal de Estatística.

ler mais Suíças têm maior probabilidade de ter nível superior
imagem

Mostrar mais

Suíça quer dar primeiro passo para paz na Ucrânia

Este conteúdo foi publicado em A presidente da Suíça, Viola Amherd, espera que a primeira conferência de paz para a Ucrânia crie confiança e busque soluções para questões de segurança.

ler mais Suíça quer dar primeiro passo para paz na Ucrânia
imagem

Mostrar mais

Suíços querem viajar para longe do país

Este conteúdo foi publicado em A maioria dos suíços está planejando pelo menos uma viagem de férias este ano, apesar do aumento dos custos e da inflação.

ler mais Suíços querem viajar para longe do país
imagem

Mostrar mais

Suíça debate nome de família duplo

Este conteúdo foi publicado em Um projeto de lei que permitiria novamente que casais e parceiros registrados na Suíça tivessem um sobrenome duplo deu um passo adiante.

ler mais Suíça debate nome de família duplo
imagem

Mostrar mais

Parlamento suíço exige rigidez na ajuda à Palestina

Este conteúdo foi publicado em O Senado suíço aprovou uma proposta que exige controles mais rígidos para garantir que os fundos não sejam usados para financiar o terrorismo.

ler mais Parlamento suíço exige rigidez na ajuda à Palestina

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR