Navigation

"Tenho em Londres tudo na porta de casa"

Janina Kauz durante uma visita à Suíça. Janina Kauz

Estudar em uma grande cidade do mundo abre caminho para uma grande rede de contatos. Janina Kauz, uma suíça de 23 anos, não se arrepende de ter escolhido Londres para estudar comunicação intercultural.

Este conteúdo foi publicado em 27. maio 2018 - 13:15
swissinfo.ch (entrevista realizada por escrito)

swissinfo.ch: Por que você saiu da Suíça?

Janina Kauz: Fui estudar em Londres, pois na Suíça não havia a possibilidade de fazer esse curso chamado "Intercultural Communications in the Creative Industries" (n.r. comunicações interculturais na indústria criativa). Comecei a estudar em setembro de 2017, quando me mudei então para a capital inglesa.

As opiniões manifestadas neste artigo, dentre outros sobre o país de acolho e sua política, são pessoais e não correspondem às posições da plataforma de informaões swissinfo.ch.

End of insertion

Os primeiros meses foram muito interessantes e excitantes, mas também cansativos. Apesar de Londres não estar tão distante, ou me parecer um lugar estranho, você acaba tendo aqui muitas novas impressões e tem de se acostumar também a novas situações.

Depois de algum tempo ficou mais tranquilo. Seguramente essa não é uma viagem sem volta. Eu devo um dia retornar à Suíça depois de concluir meus estudos.

swissinfo.ch: O que você quer fazer, e onde viver, depois dos estudos?

J.K.: No momento penso em fazer um doutorado após o mestrado. Nesse caso ficaria ainda alguns anos em Londres antes de retornar à Suíça.

Ainda não tenho planos concretos. Gostaria de trabalhar na propaganda ou em algum canal de televisão, mas tudo pode mudar.

Mostre a Suíça global: marque suas fotos no instagram com o hashtag #WeAreSwissAbroad Nós vamos compartilhar fotos e vídeos selecionados em nossa página do instagram, e esperamos descobrir suíços e suíças vivendo histórias notáveis pelo mundo. É um grande prazer para a swissinfo.ch oferecer uma plataforma para você publicar suas vivências em retratos, anedotas e histórias. swissinfo.ch

swissinfo.ch: Onde você vive atualmente e como é a vida por lá?

J.K.: Vivo em um bairro chamado "Lambeth", próximo à estação de metrô "Vauxhall". De lá, e caminhando um pouco, você chega ao centro de Londres e já vê atrações como o "Big Ben" o "London Eye". Assim aproveito das várias ofertas culturais da cidade. E tudo isso, quase ao lado de casa.

swissinfo.ch: Como é a gastronomia de Londres?

J.K.: A cozinha em Londres é bastante internacional. Não existe um prato que você não encontre por aqui. Há muitos restaurantes indianos, mas também de outros países. A cozinha internacional é quase sempre muito boa. Já a cozinha britânica é um pouco enfadonha. Quando vou a um restaurante, é mais para comer um prato internacional.

"Eu gosto de correr no Hyde Park. Acho muito bom ter um parque desses no centro de Londres, uma forma de escapar do trânsito." Janina Kauz

swissinfo.ch: Qual é a maior diferença entre a Grã-Bretanha e a Suíça?

J.K.: A Grã-Bretanha é muito mais multicultural do que a Suíça. Isso torna o país muito interessante e um ótimo lugar para fazer os meus estudos. Estudo com gente do mundo inteiro, o que acho muito bom.

Além disso, a maior diferença para mim é que as pessoas aqui são muito gentis. Eles sempre dizem "por favor" ou "obrigado". Elas se desculpam por tudo, mesmo se não são culpadas. Por isso é muito agradável lidar com os britânicos. Isso não significa que os suíços sejam rudes, mas aqui esse comportamento é mais acentuado. As pessoas dão valor a isso.

"Eu gosto também das casas coloridas e as pinturas de parede em Portobello Road. É um lugar cheio de pequenas lojas, onde todo tipo de coisa é vendida e onde você pode passar horas." Janina Kauz

swissinfo.ch: Como você vê a Suíça à distância?

J.K.: Apesar de me sentir muito bem em Londres, sinto falta da Suíça, especialmente de Zurique. Quando estou em casa, sinto-me de uma forma diferente do que em Londres.

Acredito que temos na Suíça um padrão elevado de vida e muitos privilégios. Por vezes, você só tem consciência disso quando sai da Suíça por algum tempo e vai viver em outro país. A infraestrutura, educação, saúde e muitas outras coisas: tudo de alto nível na Suíça.

Além disso, também considero nosso sistema político relativamente transparente e que ele nos dá muitos direitos de participação. Muitos das pessoas que votaram a favor do Brexit gostariam de ter algo parecido.

"Eu faço um curso de espanhol próximo à Corte Real de Justiça (Royal Court of Justice). É um dos lugares onde gosto de passear. Às vezes vejo até um juiz uniformizado, incluíndo também a peruca branca." Janina Kauz

swissinfo.ch: Wie ist die politische Lage in Grossbritannien, besonders jetzt nach diesem Entscheid, die EU zu verlassen?

​​​​​​​

"Nessa praça frente ao Parlamento britânico ocorrem muitas manifestações a favor da União Europeia. Muitas pessoas por aqui não estão de acordo com o Brexit e querem reverter esse processo." Janina Kauz

swissinfo.ch: Como é a situação política na Grã-Bretanha, especialmente depois da decisão do país de sair da União Europeia?

J.K.: Acompanho com bastante interesse a situação política por aqui, quando tenho tempo. Muita coisa está acontecendo especialmente devido ao Brexit.

Um ponto importante é saber como a situação dos cidadãos europeus vai se desenvolver no país. Dela depende o meu próprio status de residência. Por enquanto acho muito bom poder viver aqui sem complicações ou a necessidade de vistos. Espero que tudo fique dessa forma.

"O Parque de St James" é bem pequeno, mas também um dos mais bonitos na cidade. Nele vivem diversas aves. No lago vive até um pelicano." Janina Kauz

swissinfo.ch: Você participa das eleições ou votações na Suíça? Se o faz, é através dos correios ou via eletrônica?

J.K.: Visito constantemente a Suíça, especialmente durante as férias da universidade. Elas me permitem participar das eleições ou votações através do voto pelo Correio. Apesar da minha ausência, acho importante participar.

swissinfo.ch: O que você mais sente falta da Suíça?

J.K.: Do sentimento de estar em casa. Viver em outro país dá a impressão de ter perdido as raízes. Na Suíça posso me movimentar como estou acostumada, o que não ocorre no exterior.

Mostre a Suíça global: marque suas fotos no instagram com o hashtag #WeAreSwissAbroadLink externo

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.