AFP

O presidente chinês, Xi Jinping, em Varsóvia, no dia 20 de junho de 2016

(afp_tickers)

Censores chineses interviram para reprimir a divulgação de uma espécie recém-descoberta de besouro, que foi nomeado em homenagem ao presidente Xi Jinping, segundo relatórios publicados na terça-feira - para a decepção do seu leal descobridor.

O foi identificado no sul da província insular chinesa de Hainan por Cheng-Bin Wang, um cidadão chinês vinculado à Universidade Checa de Ciências da Vida.

Wang declarou no periódico de taxonomia animal revisado por pares Zootaxa: "O epíteto específico é dedicado ao Dr. Xi Jin-Ping, o Presidente da República Popular da China, por sua liderança em tornar a nossa pátria cada vez mais forte".

Seu artigo de oito páginas, publicado no mês passado, descreve a descoberta nos mínimos detalhes, incluindo o brilho "lustroso" do corpo do besouro e seu "segmento genital (...) moderadamente longo e estreitamente arredondado nas pontas".

Wang disse à AFP que ele admirava profundamente as ações de Xi na China, e viu o besouro como um símbolo das realizações do líder comunista.

"O é muito raro - você pode não encontrar nenhum deles mesmo depois de dez sessões de coleta de campo - e ele come madeira podre", disse Wang em um email.

"Então é uma metáfora para Xi Jinping, uma pessoa rara que você só encontra uma vez por século, e especificamente seus controles sobre a corrupção chinesa, que vão permitir que esta desapareça gradualmente", explicou.

Mas censores chineses ordenaram que a internet remova todas as referências ao inseto de Wang, segundo o site de notícias China Digital Times, sediado nos EUA, que monitora a censura no país asiático.

O site citou autoridades dizendo à mídia: "Todos os sites devem encontrar e deletar o artigo 'Relatório de entomologistas: estudantes usam 'Papai Xi' para nomear um novo tipo de besouro' e informações relacionadas".

"Papai Xi" é um apelido para o presidente que já foi promovido pela propaganda oficial, mas que depois passou a ser evitado.

Uma busca pelo nome chinês do besouro na plataforma chinesa de mídia social Sina Weibo, similar ao Twitter, na terça-feira, mostrou apenas uma mensagem informando que nenhum resultado de pesquisa poderia ser mostrado devido a "leis e políticas relevantes".

O besouro "xii" não é a primeira espécie descoberta a ser nomeada em homenagem a um chefe de Estado. Uma aranha da família Ctenizidae descoberta em 2012 foi batizada em homenagem ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Uma lesma-do-mar encontrada em 1999 foi chamada , em referência ao ex-presidente sul-africano Nelson Mandela.

Wang ficou consternado com a censura. "Olá! Amado presidente Xi! Este é um besouro raro! O nome da espécie vai existir para sempre! Uma grande honra!", afirmou.

afp_tickers

 AFP