AFP

(Arquivo) Isabelle Dinoire, em Amiens, no dia 6 de fevereiro de 2006

(afp_tickers)

Isabelle Dinoire, a primeira paciente do mundo a receber um transplante de rosto, faleceu em abril passado na França, devido a uma "longa doença", pouco mais de uma década depois da excepcional operação - foi informado nesta terça-feira (6).

Em 2005, esse primeiro transplante de rosto realizado na França gerou muitas esperanças no mundo para todo tipo de acidentes de trânsito, queimaduras, ou vítimas de armas de fogo. Estados Unidos, Espanha, China, Polônia, Bélgica e Turquia também realizaram essa delicada de cirurgia.

Apesar do entusiasmo inicial, os riscos de rejeição - a curto, ou a longo prazo - dos tecidos provenientes dos doadores falecidos constituem desafios para essa complexa cirurgia.

Desfigurada por seu cachorro, Isabelle Dinoire tinha 38 anos quando recebeu o transplante parcial de rosto - nariz, lábios e queixo -, realizado pela equipe do cirurgião Bernard Devauchelle, do Hospital de Amiens (norte), e de Jean-Michel Dubernard, de Lyon (sul).

Em março de 2010, uma equipe espanhola realizou o primeiro transplante total de rosto de um homem que padecia de uma deformação após sofrer um acidente.

afp_tickers

 AFP