Your browser is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this websites. Learn how to update your browser[Fechar]

Felizes para sempre


Os vilarejos onde ninguém se divorcia


Incorporar

Nunca houve um divórcio nos povoados suíços de Niederwald e nas proximidades de Bister. swissinfo.ch foi até lá para descobrir como eles conseguem isso. (Julie Hunt, swissinfo.ch)

 A pitoresca cidadezinha de Niederwald, no cantão do Valais, tem uma opulenta igreja do século XVII e os moradores dizem que a religião e a responsabilidade social desempenham um papel chave em manter os casais juntos. A 20 km de distância, no povoado de Bister, o prefeito diz que a religião não é um fator importante, mas os valores tradicionais influenciam o comportamento. Também não há muita tentação, pois há apenas 31 moradores.

Cerca de 40 mil pessoas se casam todos os anos na Suíça, apesar das desvantagens financeiras de amarrar o nó. Ao contrário dos concubinos não casados, os rendimentos dos casais são somados, muitas vezes empurrando-os em uma categoria de imposto mais elevada. Os casais também recebem pensões mais baixas do que os não casados quando se aposentam. O partido democrata cristão (PDC) lançou uma iniciativa para parar a penalização do casamento. O país vai votar a questão no final de fevereiro.

Quando se considera as tensões financeiras e outras sobre um casamento moderno, parece ainda mais notável que quando as pessoas em Bister e Niederwald dizem 'aceito', elas realmente sabem o que estão dizendo.